Berlim lembra centenário do inventor do computador


Berlim lembra centenário do inventor do computador 

por Graça Magalhães-Ruether 

      Sobretudo para os mais jovens é Impossivel imaginar como seria a vida hoje sem o computador. Nos últimos anos, quase todas as inovações vieram dos Estados Unidos, da internet ao Google ou também os chamados "sites sociais", como o facebook. Mas o inicio foi possivel graças a um berlinense nascido no dia 22 de junho de 1910, que ficou entediado com o ensino acadêmico, não gostava de fazer cálculos e, para facilitar a sua vida, construiu o primeiro computador do mundo na sala da casa dos seus pais, em Berlim. Hoje a capital alemã comemora o ano de centenário de nascimento de Konrad Zuse, o inventor do computador, que em vida não teve o reconhecimento que teria merecido e morreu pobre, em 1995, aos 85 anos de idade.
     O primeiro computador, que ele chamou de Z1 e pesava centenas de quilos, Zuse construiu quando tinha pouco mais de vinte anos de idade. Quase dez anos depois, ele construiu um novo modelo e fundou uma firma para produzir computadores. Mas o inventor alemão nunca conseguiu produzir em grandes quantidades, como as empresas americanas, e terminou tendo que fechar a sua firma no final dos anos 60.
    Segundo o informático Horst Zuse, seu filho, Konrad Zuse já sonhava com algo parecido com o computador quando tinha dez anos de idade. Ele "brincava" com experiências que desenvolveu mais tarde, concretizando o seu sonho de uma máquina capaz de calcular e memorizar.
    O principal evento do ano Zuse, que foi aberto hoje pela ministra da educação, Annette Schavan, será uma exposição no Museu de Técnica, onde será mostrada uma réplica do primeiro computador do mundo. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos