Policias do Maranhão e Piauí apreendem drogas e armamentos





Uma operação realizada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), com apoio da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), ambos do Maranhão, e a Comissão Investigadora do Crime Organizado (CICO) do Piauí, culminou na apreensão de uma carreta carregada de drogas naquele Estado. 

O Superintendente da Seic, delegado de Polícia Civil Augusto Barros, foi o responsável por avisar sobre a passagem da droga pelo Piauí. Na noite desta quinta-feira, 13, uma operação conjunta das Polícias Civis do Piauí e do Maranhão, conseguiu localizar e prender dois nacionais que levavam para aquele estado mais de 30 quilos de pasta base de crack, fuzis e grande quantidade de munição.

A carreta modelo Scania de placa ADS-5193, de Nova Andralina-MS, foi interceptada pelas equipes policiais na cidade de Piripiri (PI), e tinha como destino, a Fortaleza.

No interior do veículo, foram localizados aproximadamente 40 kg de pasta base de crack, dois fuzis; sendo um AK47 e outro HKG30; mil munições e uma submetralhadora.

A operação foi desencadeada pelo núcleo de inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Polícia Civil do Maranhão e policiais civis do Piauí, após informações que apontavam que a droga e o armamento são oriundos da Bolívia e teriam como destino o estado da Fortaleza. Até chegar o Piauí, a carreta já tinha passado pelos Estados do Pará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

A carreta Scania estava sendo monitorada desde a cidade de Corumbá, no Mato Grosso, onde foi acompanhado por uma equipe policial desde a cidade de Caxias, município do Maranhão, quando foi interceptada na cidade vizinha. 

“Nós já vínhamos fazendo o monitoramento da carreta desde a cidade de Corumbá, quando tivemos a certeza das informações para fazer a interceptação quando eles estavam em Caxias. Uma equipe policial estava acompanhando a mercadoria até fazermos o contato com o estado vizinho”, informou Augusto Barros.

De acordo com informações policiais, o armamento apreendido seria utilizado em assaltos à agências bancárias do Piauí e do Estado do Ceará. As duas pessoas presas e o material apreendido foram encaminhados à Sede da Comissão Investigadora do Crime Organizado (CICO) do Piauí para os procedimentos legais.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos