Governadora Roseana Sarney participa de aniversário da Igreja de São José do Bonfim


Governadora Roseana Sarney na celebração em Ação de Graças pelo aniversário da Igreja de São José do Bonfim

A governadora Roseana Sarney participou, nesta quarta-feira (12), da celebração em Ação de Graças pelo aniversário de 75 anos da Igreja de São José do Bonfim, localizada no Bonfim, área do Itaqui-Bacanga, em São Luís. A igreja é a única no Brasil projetada e construída com mãos de obras dos hansenianos. Ao lado do bispo emérito de Viana Dom Xavier, de frades e do padre da Igreja, Elisvaldo Cardoso, ela inaugurou uma placa em homenagem aos Capuchinhos, fundadores da igreja.
 Roseana Sarney ao lado dos frades Capuchinhos

Roseana Sarney, que estava acompanhada do marido Jorge Murad, e dos secretários, Max Barros (Infraestrutura), Luiz Fernando (Casa Civil) e João Bringel (Educação) aproveitou o momento para vistoriar as obras do hospital Aquiles Lisboa, que está sendo expandido para melhor atender os portadores de hanseníase e pessoas da comunidade.
Governadora Roseana Sarney conversa com usuários dos serviços do Hospital Aquiles Lisboa

Ela conversou com funcionários e com pacientes que estão recebendo tratamento no local. "Estou feliz em participar dessa celebração e também de ver que os pacientes do hospital estão bem. Fiquei feliz de estar aqui hoje e de começar o dia com orações", disse a governadora.

Durante a celebração foi feita um relato da história dos frades Capuchinhos. Em 1937 foi inaugurado o Hospital Aquiles Lisboa, com a participação dos frades, com destaque para o frei Pedro Batista Cologno - da Itália. Este, além dos ofícios religiosos iniciou a construção de uma igreja, pois a capela de então já não comportava o número de fieis.

Hoje a igreja continua cumprindo a sua finalidade missionária junto aos doentes, a exemplo da presença de Dom Xavier, que mora e convive no dia a dia com a vida pacientes da casa de saúde do Governo do Estado, que tem como diretora a doutora Celijane Melo Rodrigues, que juntamente com profissionais do hospital participou da celebração.

"Este é um momento importante e histórico, sobretudo neste momento em que São Luís celebra seus 400 anos, e a igreja do Bom Fim também faz parte desta história. É uma igreja voltada essencialmente para acolher as pessoas que fizeram e ainda fazem tratamento de hanseníase no estado", destacou o padre Elisvaldo Cardoso.

No local são acolhidas as pessoas da capital, do interior do Estado e de outros estados que buscam atendimento aqui no Maranhão. "Nós nos alegramos e agradecemos a Deus pelos padres e pelos internos e ex-internos que ajudaram na construção da igreja e da história da nossa paróquia", completou o padre.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini