SSP anuncia construção da primeira Unidade de Segurança Comunitária

SSP anuncia construção da primeira Unidade de Segurança Comunitária







O secretário de Segurança Pública, Aluisio Mendes, anunciou, durante audiência pública realizada na noite de terça-feira (17), no Salão Paroquial da Igreja do Espírito Santo do Alto do Timbira, no Conjunto Dom Sebastião, em São Luís, a construção da primeira Unidade de Segurança Comunitária do Maranhão (USC-MA). Será no Polo Coroadinho, em um terreno doado pelo Centro de Ensino Profissional do Maranhão (Cepromar). 


A Unidade beneficiará mais de 56 mil habitantes e faz parte das ações de segurança desenvolvidas região. Esta semana, a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) dará início ao processo de licitação para a contratação da empresa que desenvolverá o projeto.


 Durante a audiência, o secretário ouviu os moradores e afirmou que as unidades de segurança efetivam a presença do Estado na vida dos cidadãos. “Representam o primeiro passo para a entrada de outros serviços públicos”.


 Na audiência, Aluisio Mendes estava acompanhado dos secretários-adjuntos de Desenvolvimento e Articulação Institucional, tenente-coronel Antonio Roberto Silva; de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa; comandante geral da Polícia Militar, coronel Franklin Pacheco; delegada geral de Polícia Civil, Maria Cristina Resende Menezes; deputado federal Lourival Mendes; juiz de direito, Edmar Mendonça, entre outras autoridades. Inovação As USC-MA são inovadoras, na avaliação do secretário. Tem um aparato tecnológico moderno e de última geração. 


Serão equipadas com câmeras de vídeomonitoramento, que dará ao comando de cada unidade um controle, 24 horas por dia, de toda a movimentação da região. As câmeras também serão interligadas ao Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops). O serviço tem como referência o modelo de Unidade Polícia Pacificadora (UPP) do Rio de Janeiro.


 Segundo o Mendes, as 24 do Maranhão serão adaptadas à realidade local. Para isso, até 2014, serão realizados estudos em todo o estado. Em São Luís serão 16 Unidades: o pólo do Coroadinho, nos bairros Vila Luizão, São Bernardo, Cidade Olímpica e outros pontos. Parceria Durante a audiência, o secretário ressaltou a participação da comunidade no processo de efetivação das Unidades de Segurança. Segundo Mendes, é necessário que, em conjunto, as autoridades policiais e os moradores possam discutir ações e soluções para as demandas referentes às situações de vulnerabilidade social, criminalidade e violência.


 “Quando notamos a integração entre a comunidade e o sistema de segurança, nós moradores da região, conseguimos notar os resultados. É muito importante para o Pólo do Coroadinho receber esta Unidade”, avaliou o conselheiro comunitário Antonio Alves, conhecido Branco.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini