Ricardo Murad: “a oposição descabida agride é o Maranhão, não o governo”…


Ricardo Murad: “a oposição descabida agride é o Maranhão, não o governo”…

por :    Marco D'Eça
Ao lado de Washington, Murad entrega leitos do Carlos Macieira
O secretário de Saúde, Ricardo Murad (PMDB) voltou ontem a criticar os ataques desferidos pelo ex-deputado Flávio Dino (PCdoB) ao estado do Maranhão. Para Murad, este tipo de ataque, só prejudica a imagem do Maranhão, não do governo.
- Quando você faz uma oposição pra denegrir a imagem do Maranhão você não está fazendo oposição ao governo, você está fazendo uma oposição a todos os profissionais, a todos aqueles que sabem que podem fazer algo de extraordinário – afirmou o secretário.
Presidente da Embratur, Flávio Dino tem usado contatos na mídia nacional para vender uma imatgem de miserável do Maranhão, ofendendo o povo maranhense e todos os que tabalham para melhorar suas condições sócio-econômicas.
- O Maranhão é o 16º PIB do Brasil. É igual o Brasil, que é a 6ª economia do mundo. Se nós temos ainda distorções de renda, vamos trabalhar para que as distorções acabem, mas não vamos denegrir a imagem do Brasil e não vamos denegrir a imagem do Maranhão – destacou Murad.
Durante a inauguração de unidades do Hospital Carlos Macieira, ontem, Ricardo Murad também criticou a tentativa de Flávio Dino de se fazer de vítima e de perseguido, situação que não combina com sua postura auto-proclamada de “Professor de Deus”.
- Esses professores de Deus que ai estão, sempre incomodados com aquilo que o governo faz, sempre se sentindo perseguidos, não sei por quem, porque por nós nem tempo para perseguir – frisou.
O secretário fez questão de destacar o avanços que estão sendo implementados na Saúde, sob sua gestaõ, destacando o esforço do governo Roseana Sarney (PMDB) para dar acesso de qualidade a todos os maranhenses.
- Nós temos trabalhado 24 horas por dia, pra dar a população do Maranhão uma estrutura, uma rede de saúde capaz da população ser atendida sem pedir favor, ser atendida sem gastar dinheiro, ser atendida sem ser apadrinhada - concluiu o secretário de Sáude.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos