ESTELIONATÁRIO PARAENSE É PRESO EM ZÉ DOCA QUANDO APLICAVA O GOLPE DO BILHETE PREMIADO





A  Polícia Civil prendeu no centro da cidade de Zé doca , Antônio Furtado, ele  é suspeito de estelionato, segundo testemunhas ele teria aplicado o golpe em Maria da Conceição Santos de Oliveira. O crime teria acontecido após a vítima se dirigir a uma agência do Bradesco e sacar a quantia de R$ 2.300.

 Maria da Conceição Oliveira teria sido seguida e abordada em frente a uma loja por Antônio Furtado, que  simulou um pedido de ajuda para trocar um "bilhete premiado" na lotérica.

Desconfiada, a vítima teria se recusado a prestar a ajuda, momento em que um comparsa de Antônio Furtado, de nome não identificado, se aproximou e pediu a ela que trocasse certa quantia em dinheiro.

Enquanto Maria da Conceição pegava o dinheiro, percebeu que Antônio Furtado estava tentando fazer a troca do valor que ela sacou por um maço de papel enrolado. Ao constatar o golpe, a vítima correu e gritou, despertando a atenção de um segurança do Armazém Paraíba, que conseguiu deter o golpista.

A Polícia Civil foi acionada e efetuou a prisão do golpista, que estava com dez maços de papel enrolado e um saco de liga. Ele está detido na Delegacia Regional de Zé Doca à disposição da justiça. A polícia informou que existem outros processos em aberto por estelionato contra Antônio Furtado, no estado do Pará, seu estado de origem.

Comentários

  1. Boa noite senhor Jornalista Abimael, direito tem quem direito anda. Esses criminosos sabem que vão parar na cadeia. Lamento. Abraços. Reinaldo Cantanhêde Lima

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentando os Fatos, uma nova forma de divulgar conteúdo com credibilidade.
Os nossos esforços se concentram no sentido de acrescentar ao nosso publico informações diferenciadas, aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado, noticias todos divulgam, o diferencial da informação está aqui em Comentando os fatos, credibilidade sempre em primeiro lugar.

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos