Presa quadrilha de roubo de gado em Arari

Presa quadrilha de roubo de gado em Arari: "

FONTE: BLOG DO DECIO

Com apoio de produtores rurais, a PM prendeu na virada do ano uma quadrilha especializada em roubo de gado que vinha atuando há pelo menos três anos nos municípios de Arari, Vitória do mearim, Miranda, Matões do Norte, Anajatuba e no povoado Entrocamento. Só um fazendeiro afirma ter tido 166 animais roubados nesse período.


Gado roubado era esquartatejado ainda dentro da caminhonete

Estão presos João Batista Martins Cabral, o João da Viúva, apontado como líder do bando; o irmão dele conhecido por Gaúcho; Lourival Carvalho Gomes, o Louro, dono de frigoríficos na região e responsável pela venda do gado roubado; e Wagner Borges Martins, o Negão, abatedor do boi.

A gangue foi descoberta quando uma fazendeira desconfiou de um caminhonete que circulava na estrada do povoado Arari-Açu no último dia 31. O filho dela seguiu o carro numa moto. A caminhonete foi levada a um dos frigoríficos de Louro. Dento do veículo Negão vinha esquartejando o gado roubado.

A polícia foi acionada e predeu Louro e Negão em flagrante. Eles denunciaram João a Viúva como líder da quadrilha. No dia seguine, os PMs foram às terras de João da Viúva. Só no curral encontraram 73 bois e vacas, a maioria roubada. Do lado de fora foram vistas mais umas 100 cabeças.

Gaúcho, que cuidava do local, foi preso. O irmão dele Sanico fugiu. Os fazendeiros foram chegando e 25 animais devolvidos aos donos. Como nem todos apareceram e a justiça de Itapecuru – onde os acusados estão presos – está em recesso, a polícia teve de deixar o local.

Agora os produtores querem que um delegado especial assuma o inquérito e a polícia volte à fazenda para liberar o resto do gado roubado. “Sem a PM seria impossível fazer esse flagrante”, afirma a fazendeira, advogada e ex-vereadora por São Luís, Nazaré Collins.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini