Quatro acusados de envolvimento no assassinato do professor Juvenilson já estão na cadeia

 Quatro acusados de envolvimento no assassinato  do professor Juvenilson já estão na cadeia

 
Polícia civil diz que crime está esclarecido e vai pedir a prisão preventiva dos acusados 






O crime que abalou a cidade de Santa Inês na ultima sexta-fei-ra, 3, foi desvendado pela Polícia Civil, segundo afirmou na manhã de ontem o delegado regional Valter Costa em entrevista coletiva. Valter afirmou que são quatro os elementos responsáveis pela bárbara execução do professor de educação física e goleiro da Liga de Futsal de Santa Inês, Juvenilson Oliveira Veloso de 33 anos, morto na noite de quinta-feira da semana passada. O crime, por sua brutalidade, estarreceu a cidade de Santa Inês e abalou toda a sociedade.
Eldda Estephany Noleto da Silva de 25 anos, seu marido Cleiber Alves Garcia, conhecido como "Mineiro", de 47 anos, Leandro Marques Brandão e José Silva Santana, mais conhecido como "Neto" foram apresentados pelo delegado como sendo os autores do assassinato.Os quatro estão presos na Delegacia Regional. Eldda e Cleiber são acusados de articular o crime, cujo motivo teria sido uma dívida de R$ 500,00 reais que o casal tinha a mãe de Juvenilson.
Segundo disse Valter Costa, Juvenilson havia saído de sua residência localizada na Rua do Cajueiro, Centro, por volta das 19:30 de quinta-feira para receber um dinheiro de sua mãe nas mãos de Eldda, que tem um pequeno restaurante depois do posto da PRF na BR-316, sentido Bacabal. Mas recebeu uma ligação da acusada pedindo para ele ir apanhá-la antes em uma esquina na Vila Militar; "ao chegar no local Eldda disse para a vítima que teria que pegar a quantia acertada inicialmente (R$ 240) com seu companheiro Cleiber, que se encontrava no Posto 7, e que o resto da quantia (R$260) entregaria depois", contou o delegado, para em seguida informar que Eldda subiu na garupa da moto de Juvenilson e seguiu com ele para o restaurante dela ao encontro de Cleiber, mas wque nesse ínterim, já havia um carro, Gol preto, que estava com Cleiber, José e Leandro seguindo Juvensilson.
Ao chegar próxima a PRF, o delegado Valter Costa acredita que Eldda, com o propósito de levar Juvenilson para o local da emboscada, avisou lembrou-o que ela estava sem capacete e que ele fosse pelo desvio que fica por trás da PRF, local tido como perigoso devido a escuridão e o matagal, o que facilita o trabalho de marginais, Na estrada de terra existem duas vias que dão acesso a estrada que sai na BR. Juvenilson teria seguido por uma delas e o carro pela segunda estrada, encurralando Juvenilson.
Teria havido após o encontro dos assassinos com Juvenilson uma luta corporal desumana. O delegado Valter Costa afirma que a vítima lutou até onde pode contra os três acusados e mesmo debilitado,devido a coronhadas e um tiro nas proximidades da virilha, além de estrangulamento, ele conseguiu deixar provas que ajudaria nas investigações da polícia. "Ele lutou até o fim. Uma pessoa tão querida e bastante centrada, mesmo com todos os ferimentos, ainda conseguiu deixar evidências contra os acusados, o que ajudou a elucidar o crime. Ainda não posso revelar as evidências, mas em breve as divulgarei" disse Valter para a imprensa ontem.
Juvenilson foi encontrado apenas na manhã de sexta-feira 3, de bruços, com um dos pulsos amarrado com corda de punho de rede, marcas de corte que denunciavam ele ter recebido pancadas por várias partes do corpo, inclusive na cabeça e uma perfuração de bala nas proximidades da virilha.
Eldda Estephany é acusada de manipular a vítima e levá-la ao local do crime, além de articular junto com seu marido Cleiber o crime e assistir toda a cena. Cleiber Alves, José Silva e Leandro Marques são acusados de assassinar Juvenilson.Eles negam as acusações feitas pelo delegado Valter Costa está confiante no que conseguiu apurar e por isso acusa o quarteto de ter praticado com requintes de crueldade o assassinato do professor Juvenilson Oliveira Veloso. Todos os acusados estão presos na Delegacia Regional, onde ficarão à disposição da justiça.

ELDDA ESTEPHANY NOLETO DA SILVA
CLEIBER ALVES GARCIA vulgo, Mineiro
LEANDRO MARQUES
BRANDÃO - Vulgo Lourinho
JOSÉ SILVA SANTANA
 FOTOS:
JORNAL AGORA SANTA INÊS
Juvenilson foi encontrado na manhã de sexta-feira caido de
bruços (detalhe) com ferimentos por todo o corpo
 FOTOS:

JORNAL AGORA SANTA INÊS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos