Roseana convoca lideranças para campanha pró-Dilma

Roseana convoca lideranças para campanha pró-Dilma: "





“A eleição ainda não acabou. Nossa vitória ainda não está completa.” Essa foi a mensagem que a governadora reeleita Roseana Sarney e os senadores eleitos Edison Lobão e João Alberto (todos do PMDB) deram ontem a centenas de lideranças políticas, prefeitos, vereadores e deputados em evento realizado na casa de show Batuque Brasil, na Cohama.

Cerca de 5 mil pessoas participaram do ato, que lançou no Maranhão a campanha da ex-ministra Dilma Roussef (PT) à Presidência no segundo turno.

Eles se referiam ao segundo turno da eleição presidencial. O grupo da governadora apóia a candidata petista Dilma Rousseff, que no Maranhão venceu o tucano José Serra, com 70,65% contra 15,09%.

Antes da reunião, Roseana recebeu membros da Executiva do PT, que foram lhe passar oficialmente a coordenação da campanha da petista no estado. Conforme decisão da Direção Nacional do PT e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, todos os governadores eleitos e reeleitos que apóiam a ex-ministra coordenarão a campanha em seus estados.

Roseana pediu empenho a todas as lideranças presentes no sentido de aumentar a votação de Dilma no Maranhão. Ela afirmou que a ex-ministra vem sofrendo os mesmos tipos de ataques e insultos que sofreu em 2006, na disputa pelo Governo do Estado.

“A Dilma está sendo difamada. Foi o mesmo que fizeram comigo em 2006. Ela está passando o que eu passei. Estão tentando tirar a eleição dela de qualquer jeito. Ela não merece o que estão fazendo”, declarou a governadora.

Segundo Roseana, além da manutenção dos programas sociais, a ex-ministra, na Presidência, vai consolidar a implantação de grandes projetos no estado como é o caso da refinaria da Petrobras.

Abstenção - O senador João Alberto lembrou que o Maranhão teve o mais alto índice de abstenção do país – de cerca de 24% - e por isso era necessário redobrar o trabalho, principalmente no interior. Ele disse que irá a vários municípios fazer campanha para Dilma.

“Se não elegermos a Dilma vai ser muito difícil para Roseana fazer o governo que ela quer”, disse João Alberto. “A Dilma é minha amiga, da Roseana e do João Alberto. Ela será presidente e vai consolidar esse grande projeto de transformação do Maranhão”, completou Lobão.

A governadora e os senadores agradeceram os votos e o empenho de todos os políticos presentes na eleição. Roseana voltou a afirmar que irá fazer o melhor governo da vida dela.

Do Jornal O Estado do Maranhão / Décio Sá
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos