Radialista Gilmar Cortez morre, após ser atropelado na BR-010

Radialista Gilmar Cortez morre, após ser atropelado na BR-010: "




O radialista Gilmar Cortez, 48 anos, um dos veteranos da Comunicação em Imperatriz, morreu por volta da 1h desta sexta-feira (22), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Municipal (Socorrão). O comunicador não resistiu a um traumatismo craniano, após ter sido atropelado por uma caminhonete L-200, na noite dessa quinta-feira, na BR-010.


Gilmar Cortez era casado e tinha três filhos. Além de apresentar um programa semanal de rádio, o radialista também trabalhava como caminhoneiro.


De acordo com o radialista Arimatéia Jr., colega de trabalho da vítima, Gilmar Cortez estava falando ao telefone celular nas margens da rodovia, enquanto aguardava um ônibus para ir para casa, quando foi atropelado pela caminhonete. O motorista parou para prestar socorro e ainda chamou a ambulância do Serviço Móvel de Urgência (Samu). Um caminhoneiro que estava em companhia de Gilmar também ajudou na prestação de socorro. Ele e Gilmar estavam em dois caminhões em que transportavam carga de açúcar que seria descarregada num galpão próximo da barreira da Polícia Militar.


Gilmar trabalhou durante mais de dez anos como apresentador de telejornal na TV Mirante de Imperatriz e, atualmente, apresentava um programa na rádio Nativa FM.


A família não informou ainda sobre o velório.


Imirante

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos