Prefeito do PT comemora vitória de Roseana

Prefeito do PT comemora vitória de Roseana: "

do Blog do Décio


O prefeito de Altamira do Maranhão, Arnaldo Gomes (PT), comemorou na última sexta-feira no “Encontro de Lideranças”, realizado na Batuque Brasil, a vitória da governadora Roseana Sarney (PMDB) no 1º turno. Ele apoiou a candidata da coligação “O Maranhão Não Pode Parar”.


Arnaldo, do PT, comemora grande votação de Roseana em Altamira


Em Altamira, Roseana teve 1.799 votos (57,06%) contra 896 (28,42%) obtidos por Flávio Dino (PCdoB) e 447 votos (14,18%) de Jackson Lago (PDT). A governadora teve 456 votos a mais que seus dois principais adversários somados. “Roseana dobrou seus votos em Altamira em relação a 2006 (902 votos). E isso se deu, em grande parte, em função de nosso apoio”, disse o prefeito.


Arnaldo afirmou ter apoiado a governadora por conta do acordo nacional PT/PMDB e porque o ex-deputado Washington Oliveira era seu vice. “Uma parte do nosso grupo na cidade não concordava com o apoio, mas não atrapalhou. A maioria concordou e o resultado foi positivo”, completou o petista.


Ele comemorou também o fato de ter derrotado os dois grupos que hoje lhe fazem oposição na cidade – o ligado ao ex-prefeito Rosalino Lima (já falecido) e ao vice-prefeito Zeca Bras, que rompeu com ele. Isso se mede através da votação de deputado.


Arnaldo apoiou Marcelo Tavares (PSB) e Pedro Novais (PMDB). O primeiro teve 1.313 votos (37,35%) e o segundo 1.103 votos (32,03%). O grupo de Rosalino apoiou Stênio Rezende (599 votos, 17,04%) e Waldir Maranhão (649 votos, 18,84%). Já Zeca Bras esteve com Vianey Bringel (670 votos, 19,06%) e Alberto Filho (418 votos, 12,14%).


“Acho que esses números e o trabalho que estamos fazendo na cidade com o apoio da governadora garantirá nossa reeleição (em 2012)”, declarou Arnaldo.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos