O oportunismo de uma “oposição” derrotada

O oportunismo de uma “oposição” derrotada: "


do Blog do Mário Carvalho

A coluna Estado Maior, de O Estado, traz na edição de hoje uma avaliação coerente sobre o claro jogo de oportunismo político no Maranhão, que busca reunir diversas vozes de uma oposição derrotada no estado em torno da candidatura do presidenciável José Serra (PSDB), neste segundo turno das eleições à sucessão do presidente Lula (PT).


Segundo a coluna, os discursos feitos agora pela oposição, defendendo a eleição do tucano são reveladores da falta de coerência dos militantes do PSDB e do PDT no Maranhão.


Basta observar que no primeiro turno, depois de terem sido destroçados nas urnas, o grupo tenta se agarrar no serrismo tardio e sem convicção, somente para dar sentido a um movimento pela sobrevivência política.


Vale lembrar que no primeiro turno das eleições presidencial no estado, o grande exemplo de bom senso foi dado pela governadora Roseana Sarney (PMDB), que liderou a campanha sustentada na mais absoluta coerência política.


Dentro da lógica política mais rigorosa, a governadora lincou a corrida eleitoral no Maranhão com a eleição presidencial. Toda sua campanha foi embalada por essa associação, com a participação direta da candidata Dilma Rousseff (PT) e do presidente Lula.


Conforme a coluna, o resultado da união entre PMDB/PT no Maranhão foi a acachapante vitória nas urnas no estado, tendo Dilma sido consagrada por 70,65% dos votos válidos. No entanto, a “oposição” jogou os cartazes de Serra para debaixo do tapete e agora, buscam jogar confetes no concorrente tucano.


Não há dúvida de que vão apanhar de novo.



"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos