LISTA DOS SENADORES E DEPUTADOS ELEITOS PELO MARANHÃO


Senadores
Lobão (PMDB) – 1.701.599 32,73% Eleito
João Alberto (PMDB) – 1.545.866 29,74%
Deputados FederaisColigação “O Maranhão Não Pode Parar 1″Gastão Vieira (PMDB), Sarney Filho (PV), Cléber Verde (PRB), Luciano Moreira (PMDB), Pedro Fernandes (PTB), Waldir Maranhão (PP), Nice Lobão (DEM), Alberto Filho (PMDB), Pedro Novaes (PMDB), Professor Sétimo (PMDB), Domingos Dutra (PT) e Zé Vieira (PR).
Coligação “O Povo é Maior”
Edivaldo Holanda Júnior (PTC), Pinto Itamaraty (PSDB), Carlos Brandão (PSDB) e Hélio Santos (PSDB)
Coligação “Muda Maranhão”
Ribamar Alves (PSB)
Coligação “O Maranhão Não Pode Parar 2″
Lourival Mendes (PTdoB)
Deputados estaduais
Coligação “O Maranhão Não Pode Parar E1″
Ricardo Murad (PMDB), Raimundo Cutrim (DEM), Max Barros (DEM), Vianey Bringel (PMDB), Edilázio (PV), Victor Mendes (PV), César Pires (DEM), Rigo Teles (PV), Roberto Costa (PMDB), Afonso Manoel (PMDB), Stênio Rezende (PMDB), Arnaldo Melo (PMDB), Manoel Ribeiro (PTB), Hemetério Weba (PV), Carlos Filho (PV), Antônio Pereira (DEM) e Tatá Milhomem (DEM).
Coligação “O Povo é Maior”
Gardênia Castelo (PSDB), Neto Evangelista (PSDB), Valéria Macedo (PDT), André Fufuca (PSDB), Camilo Figueiredo (PDT), Graça Paz (PDT) e Carlinhos Amorim (PDT)
Coligação “Muda Maranhão”
Cleide Coutinho (PSB), Luciano Leitoa (PSB), Marcelo Tavares (PSB), Eliziane Gama (PPS) e Rubens Pereira Jr. (PCdoB)
Coligação “O Maranhão Não Pode Parar E2″
Edson Araújo (PSL), Carlinhos Florêncio (PHS), Rogério Cafeteira (PMN), Marcos Caldas (PRB) e Eduardo Braide (PMN)
Coligação “O Maranhão Não Pode Parar E4″
Hélio Soares (PP), Léo Cunha (PSC) e Dr. Pádua (PP)
Partido dos Trabalhadores (PT)
Francisca Primo, Zé Carlos da Caixa e Bira do Pindaré
Coligação “Unidos pelo Maranhão”
Jota Pinto (PR) e Alexandre Almeida (PTdoB)
(FONTE: BLOG DO DÉCIO)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos