Cursos de capacitação para Refinaria serão iniciados até dezembro

Cursos de capacitação para Refinaria serão iniciados até dezembro: "


do blog: Maranhão Maravilha






Os cursos de capacitação para os maranhenses que vão concorrer às vagas de trabalho que surgirão com a implantação da Refinaria Premium I, a ser instalada pela Petrobras no município de Bacabeira, deverão ser iniciados até o final deste ano. O assunto foi discutido no Fórum Regional do Prominp no Maranhão, realizado nesta quinta-feira (14), no American Flat, na Ponta d’Areia, em São Luís, com a presença de técnicos dos governos estadual e federal, prefeitos, entre outros.
O Fórum foi coordenado pelo secretário de Estado de Indústria e Comércio, Mauricio Macedo, e pela gerente de Estruturação de Negócio da Refinaria Premium I da Petrobras, Luiza França.


Além do Programa de Mobilização da Indústria Nacional do Petróleo e Gás Natural (Prominp), vinculado ao Ministério de Minas e Energia, durante a reunião foram analisados outros temas, entre os quais o andamento da obra de terraplanagem da refinaria, que está em fase plena de andamento e deve ser concluída em 2011.


“Nesta primeira etapa da obra estão sendo gerados cerca de quatro mil empregos diretos. O pico da obra deverá acontecer no próximo ano”, informou Mauricio Macedo. Essa etapa, que demandará R$ 711 milhões em investimentos, serão oferecidas vagas de trabalho para 57 áreas, tais como: operador de máquinas, motorista, eletricista, mecânico, mestre de obras, topógrafo, auxiliar técnico, pedreiro, carpinteiro, soldador, lanterneiro, entre outras.


Paralelo a essas contratações, acontece um amplo programa de qualificação, resultante de parceria entre o Governo do Estado e a Petrobras, para atender a demanda por mão de obra especializada que será gerada pela refinaria. Uma dessas ações, que já se encontra em andamento, é o processo seletivo do Prominp, que está ofertando inicialmente, no Maranhão, 634 vagas para cursos profissionalizantes nas categorias de nível básico, médio, técnico e superior.


Mais de 16.200 inscritos no Maranhão concorrerão a essa primeira etapa de cursos do Prominp na área de petróleo e gás. Até 2016, deverão ser qualificados 26 mil profissionais em todo o Maranhão para atender a demanda de emprego. À proporção que novas etapas forem sendo realizadas no processo de instalação da refinaria de Petrobras, estimada em US$ 20 bilhões, mais vagas surgirão para outras funções, as quais demandarão mão-de-obra específica.


Plano Diretor


Durante a reunião, o prefeito de Rosário, Marconi Bimba, entregou ao gerente de Estruturação de Negócio da Refinaria Premium I da Petrobras a Luiza França, um documento assinado por ele e pelos prefeitos dos municípios de Bacabeira e Santa Rita, visando a elaboração de um Plano Diretor Integrado.


O plano, assinado também pelos secretários de Estado de Planejamento (Fábio Gondim), de Coordenação Política (Cristian Noronha) e de Indústria e Comércio (Maurício Macedo), vai balizar medidas a serem tomadas em relação aos impactos da instalação da refinaria nos três municípios.


Marconi Bimba, explicou que o plano diretor é uma forma de disciplinar o uso e ocupação do solo. “Os três municípios serão imediatamente afetados com a efetivação desse grande empreendimento. O que nós queremos é que a Petrobras faça um convênio com a Ufma para a elaboração de plano integrado nós três municípios”, enfatizou.


De acordo com Luiza França, o documento será encaminhado à direção da Petrobras para tomar as ações possíveis. “Estamos aqui para discutir esses impactos e todo o processo de implantação da refinaria”, disse fazendo referencia ao objetivo do fórum.


O secretário em exercício de Coordenação Política e Articulação com os Municípios, Cristian Noronha, disse que o plano diretor integrado visa diminuir e aperfeiçoar, urbanisticamente toda a região. “O governo com a qualificação profissional e com todas as questões que envolvem a implantação desse empreendimento”, disse o secretário.


O Fórum Regional do Prominp no Maranhão é composto por representantes das secretarias estaduais de Indústria e Comércio, Educação, Ciência e Tecnologia, do Trabalho, de Minas e Energia e de Desenvolvimento Social. Integram, também, o fórum as Universidades Estadual (Uema) e Federal (Ufma), Instituto Federal do Maranhão (Ifma), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), além das prefeituras de Bacabeira, Rosário, São Luís e Santa Rita.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos