SÉTIMO MANDAMENTO

SÉTIMO MANDAMENTO: "





do Blog do Itevaldo


por ZEMA RIBEIRO*


Há 20 dias das Eleições 2010 – onde será eleitos presidente da República, governadores, deputados federais, deputados estaduais; e dois senadores – a sociedade civil maranhense organizada coloca no ar o site Sétimo Mandamento: http://www.setimomandamento.org


O site Sétimo Mandamento terá lançamento oficial amanhã (dia 13), às 16h, na sede da seccional da OAB/MA (Calhau). O site é uma iniciativa da Cáritas Brasileira Regional Maranhão, as Redes e Fóruns de Cidadania do Estado e outras organizações sociais.


A ideia é colher denuncias das mais diversas que ocorram no processo eleitoral. As denúncias podem ser feitas pelo e-mail setimomandamento@gmail.com e/ou nas caixas de comentários do site – os comentários são moderados, garantindo o sigilo de fonte.


O Sétimo Mandamento pretende dá visibilidade a questões como compra de votos e outras formas de corrupção eleitoral. “Em época de novas tecnologias comunicacionais e em face de sinais visíveis e crescentes de corrupção eleitoral neste momento, é importante que a sociedade civil use as novas ferramentas tecnológicas para o combate a essa grande praga, que é, dentre outras, a compra do voto, uma porteira aberta para todas as outras formas de corrupção, que afetam mortalmente a cidadania e os direitos humanos”, afirma o Ricarte Almeida Santos, secretário executivo da Cáritas Brasileira Regional Maranhão.


O Sétimo Mandamento buscará analisar as relações políticas e de parentesco entre candidatos, as emendas parlamentares destinadas a municípios, disponibilizar a legislação eleitoral aos internautas, pesquisas de intenção de votos, documentos para download (cidadãos e cidadãs podem apresentar suas representações a juízes e promotores, bem como à polícia) e banco de dados, entre outros.


Segundo Ricarte Almeida, “o Sétimo Mandamento não tem coloração partidária e estará atento a todos os candidatos, em todos os municípios do Maranhão. A Cáritas ao longo dos anos tem formado quadros para o controle social de políticas públicas e pela conquista de direitos e os agentes farão o papel de fiscais anticorrupção. Mas qualquer cidadão, munido de provas, poderá apresentar suas denúncias”.


*Zema Ribeiro é assessor de comunicação da Cáritas Brasileira Regional Maranhão.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos