Roseana viaja a Viana, Coroatá e Bacabal

Roseana viaja a Viana, Coroatá e Bacabal: "


do Blog do Idalgo Lacerda

Viana, Coroatá e Bacabal integram o último roteiro de campanha no interior da governadora e candidata à reeleição, Roseana Sarney (PMDB), neste período eleitoral. Nos municípios, onde estará nesta quinta, 30, e sexta-feira, 1º, a agenda da candidata da coligação O Maranhão não Pode Parar (PMDB, PT, DEM, PTB, PMN, PTdoB, PRP, PV, PSL, PP, PRTB, PSDC, PTN, PHS, PR, PRB e PSC) inclui caminhada, carreata e encontros com lideranças políticas e comunitárias. Antes da viagem, na manhã de quinta, 30, ela faz caminhada no bairro São Raimundo, em São Luís.
Nesta reta final, depois de viajar a cerca de 170 municípios, a peemedebista afirmou estar tranqüila por acreditar que as metas de campanha foram cumpridas. “Estivemos em todas as regiões do estado, fazendo uma campanha propositiva, conversando com os moradores, apresentando nossas propostas e ouvindo sugestões. A comunidade sempre foi receptiva porque por onde passamos temos obras, temos trabalho a mostrar”, declarou a candidata.
O primeiro compromisso de Roseana, nesta quinta, 30, será em Viana. No município, ela participa de grande carreata, ao lado de líderes regionais. Em seguida, a candidata do PMDB viaja a Coroatá, onde faz visitas a lideranças políticas e comunitárias.
Na sexta-feira, 1º, Roseana estará em Bacabal. Na cidade, tem encontro com líderes da região do Mearim. Logo após, a peemedebista retorna a São Luís, onde participa de caminhada.
Na avaliação do coordenador da campanha, Hildo Rocha, o trabalho feito durante as viagens pelo interior se refletirá positivamente no dia da eleição. “Roseana fez questão de estar em todas as regiões para levar suas propostas, e fez isso com competência, sabendo compatibilizar a agenda de campanha com as atribuições do cargo de governadora”, declarou Rocha.
A boa recepção obtida pela comitiva da coligação O Maranhão não Pode Parar, na visão do coordenador, é uma resposta ao trabalho realizado pela candidata no período de um ano e cinco meses de gestão. “O governo de Roseana fez o Maranhão sair da estagnação em que o estado se encontrava. Foram sete anos sem qualquer perspectiva. O retorno de Roseana trouxe esperança e as pessoas perceberam essa mudança. Hoje, a perspectiva de crescimento existe em todo o interior, com grandes empreendimentos se instalando nos municípios”, assinalou.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos