Roseana conclama empresários para a construção de um Maranhão de oportunidades

Roseana conclama empresários para a construção de um Maranhão de oportunidades: "


do JORNAL O QUARTO PODER



A governadora e candidata à reeleição, Roseana Sarney (PMDB), da coligação O Maranhão não Pode Parar, afirmou, na noite de terça-feira, 21, em encontro na Associação Comercial do Maranhão (ACM), que quer desenvolver projetos em parceria com a classe empresarial. O objetivo é garantir o desenvolvimento econômico do estado nos próximos anos.

“Temos que preparar os jovens, os trabalhadores e, junto com os empresários, garantir aos maranhenses as oportunidades que virão na economia do estado, com a chegada de grandes investimentos. Entre eles, a Refinaria Premium, a exploração de gás, a aciaria e a fábrica de celulose”, disse Roseana.

A candidata ressaltou o avanço que ocorreu na economia e no período de um ano e cinco meses em que está à frente da administração do Estado. Citou projetos para a melhoria de qualidade de vida dos maranhenses, a construção de 72 hospitais e a recuperação da malha rodoviária.

Em seguida, Roseana respondeu, com tranqüilidade e bastante segura, os questionamentos feitos pelos representantes da classe empresarial maranhense, em mesa presidida pelo presidente da ACM, Haroldo Corrêa Cavalcanti Júnior, e secretariada pelo presidente dos Conselheiros, Carlos Gaspar.

Entre os temas tratados educação, capacitação da mão-de-obra local; segurança pública, infraestrutura, saneamento básico, porto, aeroporto e malha viária, turismo, metropolização da Ilha de São Luís e revitalização do Centro Histórico.

A candidata do PMDB ao governo afirmou que vai promover concurso público para as Polícias Civil e Militar e que já entregou 680 novas viaturas para uso no combate ao crime. Adiantou que consta em seu programa para São Luis a construção da Avenida Metropolitana, da Ponte Quarto Centenário e aa Via Expressa, que abrangerá todos os municípios da Ilha, além de transporte de massa até a cidade de Bacabeira.

Em São Luís, como forma de presentear a cidade que completará 400 anos em 2012, implantará um programa que revitalizará o Centro Histórico, cuja proposta de empréstimo será encaminhada ao Banco Mundial (BID). Além disso, serão elaboradas políticas de saneamento básico e do meio ambiente, a fim de preservar os mananciais da Ilha de São Luís.



Estudo

Roseana se comprometeu a estudar a viabilidade de o prédio em que funciona o antigo Hotel Central (Centro) poder a vir ser um futuro local de Centro de Treinamentos, em solicitação feita pelo presidente Haroldo Cavalcanti Júnior que lhe pediu que ocupasse o local com uma finalidade pública. A candidata enfatizou que vai reformular o Plano Maior de Turismo no Maranhão, principalmente para o aspecto dos 400 anos de São Luís.

“Temos muito a fazer por São Luís e pelo Maranhão, por isso vamos precisar de parcerias como o Sistema S (Sesi, Sesc e Senai) e das empresas. Considero que o Maranhão nunca esteve tão bem”, destacou Roseana.

Ao final do encontro na ACM, que faz parte das comemorações de 156 anos da entidade, Roseana entregou o Plano Estratégico de seu governo “O Maranhão e a Nova Década – Oportunidades e Desafios” ao empresário Haroldo Cavalcanti, que a retribuiu com um documento de solicitações do setor.

Para o presidente da ACM, o encontro abriu espaço não apenas para ouvir os planos e metas de cada candidato, mas para levar a eles as principais demandas dos diversos setores produtivos.

“Ofereceremos a ela um documento que espelha a preocupação do empresariado local com o desenvolvimento do Estado, quer apontando oportunidades de melhorias; quer indicando os gargalos que ainda impedem a competitividade de nossa economia”, reforçou o presidente. “Com isso, a Associação deseja otimizar essa oportunidade de discussão de temas relevantes para o estado”, declarou Haroldo Cavalcanti Júnior.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos