Prefeitos da oposição optam por Roseana

Prefeitos da oposição optam por Roseana

A candidata do PMDB ao Governo do Estado, Roseana Sarney, já contabiliza em sua base de apoio no interior maranhense nada menos que 21 prefeitos de partidos que compõem a base oposicionista. São 12 prefeitos do PDT, que tem como candidato Jackson Lago; seis do PSDB, outro partido da coligação jackista; além de dois do PPS e um do PSB, partidos que fazem parte da base de Flávio Dino (PCdoB). No total, segundo a coordenação de campanha roseanista, dirigentes de 190 dos 217 municípios maranhenses apóiam sua reeleição.

Além dos prefeitos, Roseana tem apoio de dezenas de vices-prefeitos, ex-prefeitos e vereadores dos vários partidos oposicionistas. Na semana passada, por exemplo, recebeu o apoio de 10 dos 13 vereadores da Câmara de Imperatriz.

Segundo explicou Hildo Rocha, um dos coordenadores da campanha de Roseana, o trabalho de aliança com esses prefeitos se deu muito antes da campanha eleitoral, nas relações políticas mantidas pelas lideranças governistas em todo o estado. “Esses prefeitos perceberam que a melhor opção para o Maranhão era Roseana. Então, decidiram apoiá-la”, resumiu ele, que, na condição de secretário de Articulação Política, comandou boa parte dessas conversas.

Opiniões - O prefeito de Esperantinópolis, Mário Silva (PDT), por exemplo, declara apoio a Roseana por causa das obras realizadas pelo governo. Cita a pavimentação de estradas vicinais e programas sociais importantes no município. “Aqui nós conjugamos assim: é com ela que eu vou”, declarou o pedetista

Secretário-geral da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem) e prefeito de Poção de Pedras, o tucano Gildásio Silva sustenta a campanha roseanista na região. Para ele, o sentimento de esperança renovado com a volta de Roseana fundamentou a sua opção. “Será com ela que venceremos em 3 de outubro”, disse.

O apoio oposicionista, segundo a coordenação de campanha roseanista, compensará a presença de prefeitos de grandes municípios – como São Luís, Imperatriz e Caxias – nos palanques de Jackson Lago e Flávio Dino. Detalhe: apenas em Imperatriz Roseana está atrás nas pesquisas, mas avançando a cada levantamento.

Candidata retomará agenda hoje

Ao concluir o roteiro de campanha desta semana, no sábado, a governadora e candidata à reeleição Roseana Sarney (PMDB) terá percorrido 125 dos 217 municípios do Maranhão. Desta vez, a agenda inclui compromissos em 10 cidades.

“Sempre gostei de percorrer o Maranhão, de conversar com os maranhenses, o que tive oportunidade de fazer também durante os governos itinerantes. Quero levar minhas propostas de governo para o maior número de pessoas, para que conheçam, avaliem e contribuam com sugestões”, assinalou Roseana, que neste período de campanha já esteve em cidades de todas as regiões do estado.

Hoje, Cajari e Vitória do Mearim são as primeiras cidades a serem visitadas. Nelas, Roseana fará caminhada, se reunirá com lideranças e conversará com a população. Amanhã, ela estará em São João Batista para participar de carreata; em Bacurituba (onde fará caminhada e reunião); e em São Bento, para comandar comício ao lado dos candidatos da coligação “O Maranhão Não Pode Parar”.

Na sexta-feira, os compromissos de campanha de Roseana, incluindo caminhadas e reuniões, serão em Paulino Neves e Barreirinhas. O roteiro de sábado destaca caminhada e reunião em Santa Rita, e comícios em Alto Alegre do Maranhão e São Mateus.

O coordenador político da campanha de Roseana, Hildo Rocha, diz que a adesão popular e de lideranças de todos os municípios à candidatura de Roseana é o reconhecimento às ações implementadas por ela. “Todos - prefeitos, vereadores e líderes comunitários - querem a continuidade do governo de Roseana porque têm certeza de que será dado prosseguimento aos investimentos que estão sendo feitos em suas cidades”, declarou.

Fonte: Jornal O Estado do Maranhão 
Texto: Marco Aurélio D’Eça

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos