PAC Rio Anil contemplará 224 famílias nesta segunda-feira (27)

PAC Rio Anil contemplará 224 famílias nesta segunda-feira (27): "


do Hildo Rocha


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) realiza, nesta segunda-feira (27), às 15 horas, o sorteio de localização e entrega das chaves as famílias contempladas com apartamentos pelo PAC Rio Anil.

O evento acontecerá no Residencial PAC Rio Anil, na Rua Arimatéia Cisne (atrás do Ifma, antiga Escola Técnica), no Monte Castelo, e vai beneficiar 224 famílias.

O conjunto tem a área de 11.835 m², é composto de 14 blocos, cada um com 16 apartamentos de 42m² de área construída. Integra ainda ao espaço uma área de lazer com quadra esportiva, play ground e área de convivência.

Para o gestor estadual do PAC Rio Anil, Artur Boueres, esta ação faz parte de uma série que integram o projeto. A primeira foi realizada no Bairro da Camboa com a entrega de 288 apartamentos.

'A cada ação identificando detalhes, otimizando espaços e custos, bem como aprimorando as propostas existentes no projeto, estamos trabalhando com afinco e responsabilidade para humanizar o ambiente e fazer com que os beneficiários tenham prazer e motivação com o novo lar', relatou o gestor Artur Boueres.

Foram iniciadas, neste ano, as obras de construção dos novos residenciais que integram o PAC Rio Anil. Ao todo estão sendo construídos 432 apartamentos, sendo 320 no Bairro da Fé em Deus e 112 no Diamante, que terá uma grande área verde, que será preservada e incorporada à área de lazer do conjunto.

PAC Rio Anil

É um conjunto de obras que possibilitará aos contemplados saneamento básico, urbanização, habitações planejadas, melhorias habitacionais, regularização fundiária, inclusão social e acompanhamento social.

Estão sendo investidos cerca de R$ 313,1 milhões de reais, construídas 2.720 unidades habitacionais e uma avenida que integrará os Bairros da Camboa, Liberdade, Fé em Deus, Monte Castelo e Alemanha, bem como a realização de 6.000 melhorias habitacionais.

Será ainda realizada a regularização fundiária beneficiando aproximadamente 8.000 famílias. O projeto utiliza 70% da matéria prima local, gerando cerca de 6.000 empregos diretos e beneficiará ao todo 13 mil famílias.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos