A onda da continuidade

A onda da continuidade: "

Por Hildo Rocha*


Em cada eleição existe uma sensação subjetiva que paira coletivamente na cabeça do eleitorado, sinalizando para a melhor tendência do momento. A eleição deste ano parece que já tem a sua: a sensação da continuidade.


Em decorrência da estabilidade econômica, há um sentimento de que as coisas vão bem. Isto, portanto, dificulta o desafio das oposições que tentam provar que é preciso mudar. Os dados revelam, subjetivamente, que a eleição de 2010 é da continuidade.


Hildo: Roseana é a boa continuidade


No âmbito nacional a oposição feita por José Serra (PSDB) tem encontrado grandes dificuldades para convencer o eleitorado a mudar de rumo. Nas disputas estaduais, os dados são ainda mais significativos. Os candidatos da situação, sejam eles governadores em reeleição ou indicados pelo governo, lideram a disputa em 19 dos 26 estados brasileiros.


Isso acontece nos grandes e nos pequenos estados brasileiros. Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Pernambuco são exemplos de disputas em que os candidatos ao governo estão em situação confortável, surfando em ondas da continuidade.


Onda, inclusive, surfada pela governadora Roseana Sarney (PMDB) aqui em nosso estado, cuja diferença para o segundo colocado ultrapassa a barreira dos vinte pontos e que passará a ser maior com a exibição, nos próximos programas eleitorais da Roseana, do imenso conjunto de obras executadas e em execução: recuperação e construção de estradas, dezenas de escolas construídas e reformadas, centenas de unidades básicas de saúde que estão sendo construídas em parceria com os municípios, novas delegacias entre outras tantas ações e programas implantados em apenas um ano e cinco meses de governo.


Até em estados onde os governistas estavam atrás, as coisas tem mudado como é o caso emblemático de Minas Gerais, onde o governador Anastasia (PSDB) começa a passar Hélio Costa (PMDB).


As oposições, então, na disputa presidencial ou nas disputas estaduais, enfrentam dificuldades para encontrar uma maneira mirabolante de alterar esse desejo de continuidade que se formou na eleição de 2010.


Hildo Rocha é secretário licenciado de Articulação Política do Governo do Maranhão.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos