Imprudência mata seis pessoas no município de Santa Rita

Imprudência mata seis pessoas no município de Santa Rita: "

POR VALQUÍRIA FERREIRA

ESPECIAL PARA O JP




A BR-135 foi palco de mais um acidente automobilístico ontem, às 14h30, próximo ao povoado Centrinho, no município de Santa Rita, resultando na morte de seis pessoas, dentre elas uma criança de colo, de aproximadamente dois meses. Segundo populares, o acidente aconteceu quando o condutor do veículo Corsa Classic, cor grafite, placas NHI-5244, São Luís-MA, que seguia sentido Santa Rita/São Luís, tentou realizar uma ultrapassagem perigosa e colidiu frontalmente com uma carreta, modelo Ford Cargo branca, placas KHD-4623, de Corbélia-PR, que seguia no sentido oposto. Todos os passageiros do Corsa morreram presos nas ferragens. O carro ficou totalmente destruído.


De acordo com informações, o motorista da carreta, identificado como Efraim Marques Ferreira, natural do município de Moreno, no Estado do Pernambuco, ainda tentou desviar do automóvel de passeio jogando o caminhão que dirigia num terreno baldio. Mas não conseguiu. A outra opção, para o lado que seguia, resultaria em mais mortes, pois atingiria as casas na margem da BR-135. Efraim, devido ao estado de choque que ficou em decorrência do acidente, foi levado para o hospital.


O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar, e a Polícia Rodoviária Federal foram acionados e ajudaram na remoção dos corpos. Das vítimas, três eram mulheres, dois homens e um bebê do sexo feminino.

Frete – A PRF suspeita que o veículo era usado para realizar frete (lotação) para o interior do estado, mas ainda vai investigar o caso. O policial rodoviário Álvaro recomendou que as pessoas evitem viajar de carro pequeno e de van, e que procurem usar ônibus, uma vez que a pressa para chegar ao local pretendido pode ocasionar acidente como esse, que resultou na morte de seis pessoas, com a realização de uma prática comum nas rodovias, que é a ultrapassagem perigosa.


No local do acidente, apenas quatro vítimas foram identificadas: o motorista do Corsa (Mauro César Alves, 31 anos, natural de Vargem Grande); a mãe da criança de colo, Maria de Fátima Silva Dias, 26 anos, também de Vargem Grande; Esmerinda Alves Santos, 71 anos, de Bacabal; e Maria da Paz Félix dos Santos, 51 anos, também de Bacabal. Todos os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).


Falta de equipamentos – Durante a retirada dos corpos das ferragens, a equipe do Corpo de Bombeiros teve muita dificuldade, pois não tinha equipamentos adequados para cortar o veículo e para a remoção das vítimas. A equipe do Jornal Pequeno percebeu que até as luvas usadas pelos homens do Corpo de Bombeiro rasgavam facilmente, e que a falta de equipamentos adequados dificultou e atrasou o trabalho da equipe de resgate. Foram usados pedaços de madeiras para auxiliar na retirada dos corpos. Caso houvesse alguma pessoa viva, pela falta de suporte e pela demora a vítima poderia morrer.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini