Folha: oposição pressiona Jackson a desistir

Folha: oposição pressiona Jackson a desistir: "


do Blog do Décio

Segundo colocado nas pesquisas de intenção de voto ao governo do Maranhão, o ex-governador Jackson Lago (PDT), 75, está sendo pressionado a desistir da campanha, se o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) não julgar a impugnação de sua candidatura até sexta-feira. Lago resiste à pressão e diz que seguirá candidato, mesmo com a espada do TSE sobre a cabeça. Se for para o segundo turno e o TSE cassar a candidatura, seus votos serão anulados e a atual governadora, Roseana Sarney (PMDB), estará reeleita.


Jackson Lago está entre a cruz e a foice


Lago diz que a desistência equivaleria a admitir que tem ficha suja e seria uma traição aos companheiros do PDT: “Tenho 40 anos de ficha limpa na política. Quem tem ficha suja é a família Sarney”. O ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB), candidato ao Senado, pede abertamente que Lago desista e indique a mulher, Clay Lago, para substituí-lo. A legislação permite que ele faça isso até a véspera da votação.


O PSB está coligado com o PCdoB local, e o candidato da chapa ao governo, deputado federal Flávio Dino (PCdoB), cresce nas pesquisas. No ano passado, Lago perdeu o mandato de governador porque o TSE julgou que houve abuso de poder na campanha que o elegeu, em 2005, o que ele atribui a uma manobra da família Sarney.


A impugnação de sua atual candidatura foi feita pelo Ministério Público Eleitoral com base na Lei da Ficha Limpa. O TRE maranhense rejeitou a impugnação de Lago bem como a de Roseana Sarney (PMDB), que foi feita pelo PSDB. Nos dois casos, houve recurso ao TSE. O processo contra Roseana foi rejeitado pelo ministro Hamilton Carvalhido, que também é relator do processo de Lago.


Não seria a primeira vez que um governador se elege no Maranhão com a anulação de votos do adversário. Em 2002, José Reinaldo Tavares, que tinha sido vice-governador de Roseana, ganhou a eleição no primeiro turno graças à anulação dos 114 mil votos obtidos por Ricardo Murad. Cunhado de Roseana, Murad reconciliou-se com a família Sarney, enquanto Tavares passou de aliado a inimigo.


Segundo Tavares, Lago teria prometido retirar a candidatura se houvesse risco de seus votos serem anulados, e que não seria “coveiro da oposição”. O pedetista nega ter dito a frase, e declara que, comparados com ele, Tavares e Dino não têm experiência de oposição. “Esta é a primeira eleição que o doutor José Reinaldo participa como oposicionista. Até então, recebeu mandatos do grupo Sarney. Espero que receba lições importantes e que se torne mais um a lutar para o Maranhão ter mais dignidade”, disse.


Sobre Dino, disse ser “um jovem inteligente e talentoso”, com boa estrada pela frente e que pode ser útil ao Maranhão “futuramente”. Roseana Sarney (PMDB), mantém-se na liderança, mas sua diferença sobre os dois candidatos caiu de 11 para 6 pontos percentuais.


(Com informações da Folha de S. Paulo).

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos