Escutec: João Alberto cresce mais de 10 pontos e deixa Zé Reinaldo lá atrás

Escutec: João Alberto cresce mais de 10 pontos e deixa Zé Reinaldo lá atrás: "




De O Estado Maranhão:


Faltando menos de 30 dias para as eleições, o candidato João Alberto de Souza (PMDB) se consolidou como segundo colocado na disputa pelo Senado, de acordo com pesquisa Escutec/O Estado divulgada sábado. Ele alcançou 37% das intenções de voto e cresceu mais de 10 pontos percenteuais em relação à pesquisa anterior, se distanciando de José Reinaldo Tavares (PSB), que aparece com 25,1% (veja quadro no final do texto). O senador Edison Lobão (PMDB) está isolado na primeira colocação, com 53,5% das intenções de voto. De acordo com a pesquisa, Lobão e João Alberto seriam eleitos senadores se as eleições fossem agora.


Lobão e João Alberto seguem firmes rumo ao Senado


Na avaliação do diretor do Escutec, jornalista Fernando Júnior, os números refletem o bom momento vivido pela campanha de Lobão e João Alberto, que tem repercutido positivamente entre o eleitorado. “A campanha do PMDB na TV é muito bem feita. E os dois candidatos ainda têm a sorte de o principal adversário estar com uma campanha mal produzida, o que se reflete nas intenções de voto”, avalia Fernando Júnior.


Para o cálculo de intenções de voto, o Escutec utiliza as citações do eleitor como primeiro e segundo votos. Por isso, a soma tende a superar os 100%.


João Alberto vinha se mantendo à frente de José Reinaldo desde os primeiros levantamentos do Escutec, mas sempre com a diferença abaixo da margem de erro. Em julho, por exemplo, o candidato do PMDB tinha 29% contra 26,5% de José Reinaldo. Em agosto, a disputa ficou ainda mais acirrada, com João Alberto registrando 26,6% e José Reinaldo 25,4%. Agora, a diferença favorável a Alberto aumentou para quase 12 pontos percentuais.


Na avaliação de Fernando Júnior, o viés de João Alberto é de alta, o que leva a crer na sua consolidação como vencedor da segunda vaga, dado o pouco tempo de campanha que resta.


João Alberto é o segundo colocado como primeira opção de voto, com 15,1%, atrás de Lobão, que aparece com 38,9%. Já quando o eleitor diz quem será a sua opção de segundo voto, o vice-governador fica em primeiro lugar, com 21,9%, ganhando de Lobão. Mais uma vez, José Reinaldo atinge apenas a terceira colocação.


Rejeição


João Alberto leva vantagem sobre José Reinaldo também no quesito rejeição. O ex-governador do PSB é o mais rejeitado entre todos os candidatos, com 20% do eleitorado declarando não votar nele em nenhuma hipótese. Alberto tem 10,4% de rejeição, uma das menores taxas.


A Escutec confirma também o viés de crescimento do tucano Edson Vidigal, agora em quarto lugar, com 15,4%, à frente do também tucano Roberto Rocha, agora com 13,5%. Os demais candidatos registraram índices inferiores a 2% de intenções de voto.


A Escutec ouviu 1.043 eleitores de 1º a 3 deste mês. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi registrado no TRE sob o número 32231/2010 e no TSE sob o nº 27342/2010.


"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini