ARROGÂNCIA!

ARROGÂNCIA!: "



do blog: Geraldo Castro

Estava dando uma olhada nas diversas páginas existentes na “Grande Rede”, quando me deparei com este texto, que me pareceu interessante para algumas situações e personagens do cotidiano desta cidade e deste Maranhão, amado por tantos e odiado por muitos. No site WWW.AVT.COM.BR, estava esta preciosidade, que trago para o meu blog, a fim de alertar as pessoas arrogantes, incapazes de enxergar além do seu próprio umbigo, pensando em ser o centro das atenções, o mais honesto, o melhor, o inimitável.


A vida não é assim, penso cá com meus botões. Já vi muita gente se considerar o “sabe tudo” ao longo destes meus 55 anos de vida e 37 de profissão, hoje amargando o ostracismo, o desprezo, e a indiferença de quem um dia foi humilhado por gente desse tipo.


“Só sei que nada sei”, frase atribuída por Platão a Sócrates que não deixou nada escrito, nos ensina que não adianta ser arrogante, pois estamos longe de saber tudo e ser superior a outrem. Assim, sem ser direcionado a alguém especificamente, este texto será uma boa leitura para quem é humilde e tem nas outras pessoas, o carinho e a admiração, sem necessariamente precisar da arrogância para se sobrepor aos demais. Eis o texto para seu deleite;


O espelho da arrogânciaAcima da capacidade intelectual e profissional, está a capacidade de reconhecer que nenhuma verdade é absoluta. Ter a humildade em admitir o próprio erro, mesmo que isto represente situação adversa, é digno e nos aproxima das outras pessoas. O segredo do sucesso começa por ser querido pelas pessoas. A chance de se obter sucesso é inversamente proporcional ao número de inimigos que você cria. Ter autoconfiança, sim. Ser arrogante, JAMAIS. Não confunda arrogância com coragem, ousadia liderança ou segurança.


Os arrogantes colecionam fracassos (nem sempre financeiros), mas todos sempre são justificados e cada justificativa incabível, gera outro fracasso e o ciclo nunca é interrompido.


O arrogante tem características facilmente notadas:


ü Jamais se considera arrogante. Em sua opinião, ele apenas defende suas posições e princípios
ü Quando fracassa, a culpa é dos outros ou a sorte não o acompanhou
ü Cobiça o sucesso dos outros, mas é claro que não assume isso, “afinal ele é a personificação do sucesso”. E se esse sucesso pertence a alguém próximo, isso o incomoda profundamente a ponto de lhe fazer mal.
ü Nunca elogia ou enaltece a conquista dos outros. Sempre encontra um defeito ou desmerece tal conquista.
ü Quando “reconhece” um erro, o que é muito raro, justifica-o mentindo ou omitindo detalhes
ü Exige ser ouvido, mas não dá ouvido a ninguém
ü Quando solicita opinião, é apenas um meio de auto-afirmação. Seu desejo é ser aprovado, caso contrário desconsidera a opinião dada
ü Humilha e destrata quem o desagrada ou tem opinião diferente da sua
ü É um verdadeiro especialista em dizer frases infelizes.
ü Acha que tem controle sobre tudo, inclusive sobre as pessoas
ü Tem solução para os problemas alheios, mas jamais consegue resolver os seus
ü A sua palavra obrigatoriamente prevalece sobre qualquer outra
ü Sempre enaltece suas supostas qualidades
ü No auge de sua falsa modéstia, diz que seu maior “defeito” é ser perfeccionista
ü Critica a todos, porém desconhece o que seja autocrítica
ü É egoísta, mas exige solidariedade das pessoas
ü É mentiroso e acredita na própria mentira
ü Não é respeitado e sim, temido
ü Dificilmente agradece por um favor recebido, pois jamais reconhece que o recebeu
ü Se considera o melhor amigo, o melhor conselheiro, o melhor filho, o melhor pai, o melhor marido, o melhor amante, o melhor profissional, o melhor sujeito e por isso raramente muda de atitude
ü Passa a vida pensando que é querido por todos, quando na verdade é odiado por muitos
ü Muitas vezes, tem uma vida infeliz ou medíocre, se achando a pessoa mais feliz do mundo
ü O arrogante termina a vida se arrependendo tarde demais por tudo o que causou aos outros e a si mesmo

Às vezes, agindo com a arrogância, algumas pessoas conseguem o que querem em curto prazo, mas em longo prazo perdem o que há de mais precioso na vida: a amizade, o respeito e o carinho das demais pessoas. O indivíduo “tem tudo na vida”, mas não se sente feliz.


O arrogante é cercado por uma nuvem negra de problemas que afeta todos aqueles que por uma infelicidade, estão ao seu lado. Distancie-se dele!


O arrogante certamente considerará este texto, como sendo arrogância de quem o escreveu ou simplesmente continuará justificando seus atos e tentando mostrar qualidades onde não existe.


"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos