Traficantes são presos no município de Zé Doca

Traficantes são presos no município de Zé Doca

A polícia já vinha investigando os traficantes havia mais de três meses.


Secom/Governo do Estado 

ampliar

imirante.com
ZÉ DOCA - Uma operação conjunta da Delegacia Regional de Zé Doca com a 12ª Companhia Militar Independente resultou na prisão em flagrante delito dos traficantes De Sueldes Alves Diniz, o ‘Chinês’, 38 anos e seu sobrinho, Rogério Gomes da Silva, 19 anos, ambos moradores da Rua Djalma Dutra, s/nº, Vila do BEC, naquele município.
A polícia já vinha investigando os traficantes havia mais de três meses. Chinês é apontado como um dos maiores fornecedores de drogas na cidade de Zé Doca. Os policiais montaram uma campana na cidade, conseguindo prendê-los no momento em saíam de casa para fazer uma entrega de 14 papelotes grandes de crack, avaliados em cerca de R$ 1.500,00.
Na residência de Chinês foram apreendidas mais quatro cabeças grandes de crack, R$ 400, além de grande quantidade de material destinado ao embalo da substância entorpecente.
A polícia conseguiu apreender, também, na residência de De Sueldes aproximadamente dez aparelhos celulares de diversas marcas, possivelmente trocados por drogas com viciados.
Outro fato que chamou atenção da polícia era que muitos desses aparelhos tinham chips da operadora OI, que não possui torre na cidade de Zé Doca, levando a crer que os aparelhos sejam produtos de assaltos a ônibus interestaduais, ao longo da BR-316. O delegado disse que esse fato será investigado pela polícia, e caso fique comprovado que os aparelhos sejam produtos de crime, o elemento responderá, também por receptação.
Além de De Sueldes Alves Diniz, foi preso também seu sobrinho, Rodrigo Gomes da Silva, que é encarregado de fazer o transporte da droga, juntamente com seu tio, motivo pelo qual ambos foram presos pelos policiais, e autuados pelo delegado Luís Cláudio Balby, da Regional de Zé Doca, por tráfico de drogas e associação ao tráfico.
Em depoimento, De Sueldes Diniz afirmou que responde também a um processo por tráfico na Comarca de Itapecuru-Mirim, e estava foragido

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos