Roseana afirma que fará revolução no Maranhão

Roseana afirma que fará revolução no Maranhão: "



“A nossa revolução começará pela Educação, depois passará por todas as áreas”. A afirmação da governadora e candidata à reeleição, Roseana Sarney, na manhã desta terça-feira, 24, durante a sabatina promovida por um jornal da capital, resume a plataforma de trabalho de sua próxima gestão. Bastante segura e demonstrando serenidade, a candidata da coligação O Maranhão não Pode Parar (PMDB, PT, DEM, PMN, PTdoB, PRP, PV, PSL, PP, PRTB, PSDC, PTN, PHS, PR, PRB e PSC) elencou suas propostas e falou sobre temas como saúde, educação, meio ambiente, segurança e infraestrutura.


Na entrevista, que contou com a participação de internautas, Roseana também garantiu que entregará os 72 hospitais do Programa Viva Saúde, em vários municípios do Maranhão, até o fim de seu mandato. A candidata reafirmou sua intenção de fazer desta a última campanha eleitoral em que disputará ao governo estadual.


Economia e crescimento


No início, os questionamentos giraram em torno de como a candidata preparará o Maranhão para os investimentos que estão chegando, visando a geração de emprego e renda. “Primeiro, quero dizer que as empresas, assim como a Refinaria de Petróleo, a Suzano Celulose, chegaram ao estado porque os empresários e o governo federal começaram a acreditar no governo do Maranhão”, ressaltou.


Para a candidata, o grande desafio será oferecer aos jovens e trabalhadores oportunidade de se qualificarem e se profissionalizarem, a fim de estarem preparados para assumir os novos postos de trabalho. “Teremos que contar com a ajuda da sociedade civil. Da nossa parte buscaremos parcerias com o Sesi (Serviço Social da Indústria), Sesc (Serviço Social do Comércio) e Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) para fomentar cursos técnicos.



Tempo integral Conforme adiantou a candidata, a educação passará por profundas transformações. Roseana detalhou que entregará fardamento aos estudantes da rede estadual e implantará a escola de tempo integral, para que o aluno possa aproveitar melhor o aprendizado. “Será uma verdadeira revolução na qual os professores também passarão por qualificação. Começa aí a revolução que garantirá mão de obra qualificada e profissionalizada”, assegurou.


Roseana lembrou ainda que, quando senadora e líder do presidente Lula no Congresso Nacional, trouxe para o Maranhão 13 escolas técnicas. Ela frisou que ficou ausente por sete anos do Executivo estadual e que num período de um ano e quatro meses já realizou, por exemplo, concurso público para cinco mil professores.



Água limpa e qualidade de vida


Saneamento básico, construção e melhoria de residências para a população carente fazem parte da plataforma de seu governo. “No Programa Minha Casa Minha Vida já estamos buscando a resolução desse problema construindo fossas e, assim, promovendo assim melhor qualidade de vida”, completou.


Roseana afirmou que a desconcentração de renda será feita por intermédio do programas sociais e de fomento de implantação de empresas. Ela destacou o Pró-Maranhão, que dá incentivos às fábricas que queiram se instalar no interior do estado.


A governadora Roseana declarou que investirá na área de agricultura nos municípios ao intensificar a assistência técnica rural no interior do estado. Também vai garantir acesso ao crédito rural e ajudar na comercialização dos produtos do pequeno produtor rural. “As prefeituras poderão, inclusive, aproveitar os frutos da produção da agricultura familiar na merenda escolar”, exemplificou.


A peemedebista disse estar preocupada com o trânsito de São Luís e que determinou estudo de identificação do problema na capital. “São Luís está prestes a completar 400 anos e a ajudaremos, para melhorar a trafegabilidade de veículos na cidade e a vida do cidadão”, afirmou Roseana.


Questionada por um internauta sobre como ficará o meio-ambiente no seu governo, Roseana assegurou que combaterá a poluição nos rios, mananciais e que avançará no zoneamento econômico e ecológico, além de defender a criação do Parque Ambiental em São Luís.



Hospitais prontos


A candidata voltou a garantir que os 72 hospitais serão entregues à população maranhense até o final do ano. Um dos motivos para que a maioria não tenha sido entregue se deve ao período eleitoral, que impede a realização de concursos públicos e a efetivação de profissionais. “Visitei alguns municípios e verifiquei que todos estão quase prontos, mas garanto que ficarão concluídos até o fim deste ano”.


Em relação ao Turismo, a candidata lembrou que defendeu a necessidade de o município de Barreirinhas ser o portal de entrada para o Delta do Parnaíba, mas falou que mesmo com a crise econômica mundial São Luís e os seus pólos (que ela criou com o Plano Maior em seu governo), continuam como fortes atrativos no Brasil.


Ela ressaltou ainda que a Segurança Pública voltou ao eixo em seu governo, dando como exemplo de combate ao crime da sua administração o rouba das armas da Polícia Militar, cuja quadrilha já está presa, mostrando assim um policia com ação eficaz. “No meu primeiro mandato desbaratamos a maior quadrilha do país (se referindo ao roubo cargas) e obtivemos o menor índice de violência do Brasil”, enumerou aos presentes.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini