Homem encontra abelha em garrafa de Fanta

Homem encontra abelha em garrafa de Fanta
Empresa fabricante do refrigerante ofereceu vários brindes e até uma visita a fábrica do produto em troca da garrafa e uma forma de ressarci-lo. 


 
FONTE:O IMPARCIAL ON LINE
Michelle Almeida

Abelha dentro da garrafa de um litro de refrigerente Fanta.
 

Um fato inusitado aconteceu com Márcio Coelho, 30 anos, funcionário público. Ele foi ao um supermercado em São José de Ribamar comprar refrigerantes para a família, e após pagar por um refrigerante Coca-Cola, uma Fanta e um Guaraná Antártica, o filho de apenas cinco percebeu algo de errado na garrafa pet de um litro, havia uma abelha boiando na Fanta. “Eu não vi que aquela abelha estava ali, se não fosse meu filho talvez tivesse bebido sem perceber”, contou.

Márcio reclamou para o funcionário do supermercado sobre a Fanta, segundo ele, o funcionário disse que era para Márcio trocar pro outro refrigerante que ele iria procurar o distribuidor, mas Márcio achou melhor ficar com a Fanta, que lhe custou R$2,50, e entrar em contato com o distribuidor.

Márcio ligou para o Serviço de Atendimento ao Cliente da Coca-Cola (0800-212121) onde fez a reclamação. Segundo ele, a empresa propôs ressarci-lo com um brinde, que poderia ser uma mochila ou uma visita na fabrica da coca-cola. “Eles me ofereceram brindes com produtos da coca-cola, garrafas de refrigerantes e até um passeio na fábrica! É brincadeira meu irmão! Eu tenho medo de abelha”, contou.  

Ele comprou um refrigerante há um mês, desde então tem mantido a garrafa lacrada guardada. Ele só resolveu se manifestar agora após ler a reportagem “Refri faz mal. Porque a gente ainda toma?” publicada no Aqui-MA na última segunda-feira, 23. “Li a reportagem sobre os cuidados com os refrigerantes, achei interessante e revolvi divulgar o que aconteceu comigo para que as pessoas tenham mais cuidado ao comprar as coisas”, falou.

Após o fato, funcionários da Coca-Cola procuraram Márcio em sua casa possivelmente para fazer um acordo, mas como ele não estava no momento, não falou com ninguém da empresa. Márcio pretende ir ao PROCON onde vai abrir um processo contra a Coca-Cola.

A reportagem de OImparcial Online ligou por várias vezes para o número da assessoria de comunicação da Coca-Cola informado no SAC, mas não a equipe não conseguiu uma resposta da empresa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos