Coluna UDES CRUZ, edição do dia 07-08-2010, veiculada nos jornais impressos ATOS E FATOS e O QUARTO PODER e em suas versões on line. Também nos portais O QUARTO PODER dos municípios de São José de Ribamar e Rosário, bem como no Blog do Udes Cruz

Coluna UDES CRUZ, edição do dia 07-08-2010, veiculada nos jornais impressos ATOS E FATOS e O QUARTO PODER e em suas versões on line. Também nos portais O QUARTO PODER dos municípios de São José de Ribamar e Rosário, bem como no Blog do Udes Cruz: "

OTHELINO E GARDENINHA


São fortes os comentários de que o prefeito de São Luís, João Castelo (PSDB), exonerou servidores comissionados que eram ligados ao ex-secretário municipal de Governo e atual candidato a deputado estadual Othelino Nova Alves Neto (PPS).

Informações de bastidores dão conta de que o problema é que o prefeito Castelo está investindo alto na campanha à reeleição da filha, a deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB). Assim, precisa ofertar empregos.


JORNAIS CONTRA CASTELO


A Sociedade Maranhense de Jornais-SOJORNAL espera até segunda-feira que o prefeito João Castelo explique as razões de atacar alguns dos seus filiados. Na terça-feira, os jornais Atos e Fatos, O Debate, Extra, Correio de Notícias e O Quarto Poder

vão adotar posição oficial sobre o assunto.


PARA ATINGIR FUFUCA E ROCHA


Pelo visto, na política partidária maranhense, somente o deputado Fufuca Dantas não tem o direito de, ao ver sua candidatura preterida, colocar o filho em seu lugar. Todos os outros políticos que foram substituídos pelos filhos não foram criticaados. O Fufuca está , sim., merecendo críticas. Por qual razão ?

Dizem que há empurrão de políticos descontentes, que querem atingir Robertpo Rocha.


ROBERTO ROCHA TEM APOIO

DE DIRIGENTE DO PSB


O ex pré-candidato ao Senado pelo PSB Wagner Castro declarou nesta quinta-feira apoio à candidatura do tucano Roberto Rocha. Wagner tinha sua candidatura aprovada pela Executiva do partido, mas foi rifado com aval do ex-governador José Reinaldo (PSB) para ceder lugar ao comunista Adonilson Lima na chapa do deputado Flávio Dino (PCdoB). Adonilson teve sua candidatura cassada na quarta-feira pelo TRE.

Ainda chateado com a “rasteira” que levou no PSB, do qual é secretário de Comunicação, Wagner Castro resolveu aderir à candidatura tucana em mais um lance da disputa entre Roberto Rocha e José Reinaldo pelos votos da oposição.


BETO DAS VILAS É REELEITO

EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR


Vereador comandará a Câmara Municipal ribamarense até 2012 e pretende dar continuidade ao trabalho iniciado em 2009 priorizando a melhoria da qualidade de vida da população.


O vereador Manoel Albertin Dias, o Beto das Vilas, PMDB, foi reeleito por unanimidade na tarde da última quinta-feira presidente da Câmara Municipal de São José de Ribamar. Além dele compõe a mesa diretora da Casa os vereadores José Lázaro, PV, (1º vice-presidente), Artur Laurine, PDT, (2º vice-presidente), Nonato Lima, PP (1º secretário) e Marlene Monróe, PTB ( 2ª secretária). A posse será no dia 1º de janeiro de 2011.


MÉDICA EXPLICA FALTA DE MEDICAMENTOS

PARA HIPERTENSOS NA CIDADE OPERÁRIA


Explicando as razões da falta de medicamentos para hipertensos e diabéticos, no PAM da Cidade Operária, a médica Kátia Lobão, diretora daquela unidade médica, encaminhou Nota à Coluna do Udes Cruz.

A Coluna esclarece que entre outros pessoas que denunciaram a falta de medicamentos, está o Sr. João Augusto, residente na avenida Santa Clara, na Cidade Operária.


Veja abaixo a Nota da médica Kátia Lobão:


“Caro Jornalista Udes Cruz, em relação à nota publicado em seu blog e respectivamente no jornal Atos e Fatos com título PAM DA CIDADE OPERÁRIA NÃO TEM MEDICAMENTOS fazendo alusão à falta de remédio para pacientes que sofrem de hipertensão e diabetes venho esclarecer o seguinte na qualidade de médica diretora do PAM Cidade Operária citada textualmente em vossa notícia.

Em primeiro plano dizer que em momento algum nenhum dos moradores ou mesmo a imprensa nos procurou para falar sobre o assunto com afirma vossa matéria. A bem da verdade, meu gabinete é sempre aberto, pois administramos com transparência e conversando com a comunidade e suas representações.

Também se faz necessário esclarecer que os medicamentos a que sua publicação se refere estão realmente muito escassos. Elas são encaminhadas pelo Plano Nacional de Hipertensão Arterial e Diabetes (Mellitus) para as prefeituras bem como os itens oferecidos pela farmácia básica. Eles não são fornecidos pelo governo do Estado e sim repassados pela prefeitura municipal de São LUIS ao PAM CIDADE OPERÁRIA. Por outra via, a demanda por esse tipo de atendimento vem aumentando de forma crescente. Os pacientes que precisam dessa medicação não são apenas os pacientes cadastrados no programa HIPERDIA, mas também inúmeros casos da Rede Pública que necessitam da medicação. Se os pacientes possuem receita e indicação médica precisamos atendê-los e a comunidade vem sendo informada diariamente das limitações que enfrentamos.

Para agravar mais ainda o quadro, nos messes de abril e maio faltaram muitos medicamentos e nos messes de junho e julho não foi repassado pela prefeitura nenhum item da lista Hiperdia. Mas, estamos atentos e conversando com os responsáveis pelo assunto nas esferas dos governos e Federal e Municipal envolvidos no problema em busca da solução definitiva.”

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos