COLUNA ESTADO MAIOR

COLUNA ESTADO MAIOR: "


do BLOG DO JONI ROCHA



Votos válidos e turno único
O relatório do Ibope faz uma revelação numérica que não foi possível divulgar na edição de ontem. É a seguinte: se a eleição para a cobiçada cadeira número 1 do Palácio dos Leões fosse realizada hoje, a governadora Roseana Sarney (PMDB) seria eleita logo no primeiro turno. A eleição de Roseana em turno único se daria, segundo o Ibope, com boa margem de vantagem sobre os demais candidatos somados. Ela seria proclamada vencedora da disputa, com 55% dos votos válidos.
O quadro da disputa ficaria assim: a peemedebista Roseana com 55%, o pedetista Jackson Lago com 29%, o comunista Flávio Dino com 15% e o eterno candidato do PSTU, Marcos Silva, teria 1%. Saulo Arcangeli (PSOL) e Josivaldo Corrêa (PCB) não pontuaram, segundo o Ibope. Para quem não sabe, chega-se aos votos válidos excluindo da contagem os votos nulos e em branco e não levando em consideração os indecisos. Feito isso, transforma-se a soma dos votos de todos os candidatos em 100% e se divide proporcionalmente, operação que leva ao quadro definitivo da eleição.
Na sua pesquisa global, que inclui todos os percentuais, o quadro é o seguinte: Roseana (47%), Jackson Lago (25%), Flávio Dino (13%), Marcos Silva (1%) mais 11% de indecisos e 3% de brancos e nulos. Na operação para se chegar aos votos válidos, seriam excluídos os 14% de indecisos, brancos e nulos.
Chama atenção o fato de que, nas quatro pesquisas divulgadas até agora - duas do Escutec, uma do Ipop e uma do Ibope -, Roseana e Jackson Lago têm oscilado dentro das margens de erro, que sempre é de 3%. Diferente de Flávio Dino, cuja variação é anormal, o que faz com que ele sequer ameace a estabilidade do pedetista Jackson Lago. Como se vê, a posição da governadora está consolidada, mas ela própria lembra que ainda tem um mês de campanha pela frente.

Na capital
A pesquisa Ibope ouviu 157 eleitores de São Luís e encontrou um quadro parecido com o identificado em todo o Maranhão. Destes, 45% disseram que votarão em Roseana Sarney. Outros 31% responderam que seu candidato é Flávio Dino. Jackson Lago, que já foi prefeito da capital três vezes, recebeu 22% das intenções de voto. Finalmente, Marcos Silva (PSTU) sairia com 2% e Josivaldo Corrêa (PCB) teria 1%.

Voto regional
Se a eleição fosse agora, a peemedebista Roseana Sarney venceria com folga nas mais diversas regiões do estado. Teria 45% em São Luís, 61% no Norte, 47% no Oeste, 51% no Centro e 64% no Leste. Além dos 22% em São Luís, Jackson Lago teria 21% no Norte, 44% no Oeste, 37% no Centro e 23% no Leste. Flávio Dino, por sua vez, teria 31% em São Luís, 17% no Norte, 8% no Oeste, 11% no Centro e 12% no Leste.

À frente
Os candidatos do PMDB ao Senado, Edison Lobão e João Alberto, têm, segundo o Ibope, sólidas posições na pesquisa espontânea - naquela em que o entrevistador não mostra nomes. Lobão e João Alberto têm, respectivamente, 31% e 28% em São Luís, 30% e 21% no Norte, 27% e 19% no Oeste, 25% e 19% no Centro e 37% e 24% no Leste. Os dois estão disparados na liderança também da pesquisa espontânea.

Atrás
José Reinaldo Tavares (PSB), Edson Vidigal e Roberto Rocha, ambos do PSDB, receberam percentuais bem mais tímidos na pesquisa espontânea. Em São Luís, Tavares obteve 13%, Vidigal 7% e Rocha 5%, este último perdendo para a Professora Socorro (PSOL), que aparece com 7%. No embate entre os tucanos, Vidigal levou a melhor sobre Rocha.

Vento em popa
O vice-governador João Alberto foi informado em Imperatriz sobre os números da pesquisa Ibope para governador. Ele avaliou que a candidatura de Roseana Sarney está de vento em popa e que a coligação vai se empenhar mais ainda para consolidar a posição e a possibilidade de turno único. João Alberto fez a avaliação sem saber ainda a sua posição na corrida ao Senado.

Fator Jackson
O grande fato político das próximas semanas será o julgamento do processo envolvendo o ex-governador Jackson Lago (PDT), que tramita no TSE. Pela análise das pesquisas, Jackson Lago tem posição consolidada entre 23% e 28% das intenções de voto do eleitorado maranhense. E só perderá esta condição - em tese - se o TSE decidir cassar o seu registro de candidatura.

Reação
O socialista José Reinaldo Tavares não gostou nem um pingo do percentual do comunista Flávio Dino na pesquisa Ibope. Sacou do cofre as velhas e surradas denúncias segundo as quais a pesquisa é “manipulada”, fazendo a desgastada acusação ao Ibope. E quando ler os números para o Senado, então...

Discreto
Companheiro de chapa da peemedebista Roseana Sarney, o petista Washington Oliveira tem trabalhado duro. Além de se movimentar para ampliar a participação do seu partido na campanha da coligação “O Maranhão Não Pode Parar”, Oliveira corre o estado ao lado da governadora. Mas faz questão de se manter discreto.

Voto “especial”
169 presos provisórios e adolescentes internos votarão nas eleições deste ano no Maranhão. Para tanto, o TRE vai instalar seções eleitorais especiais nos estabelecimentos penais e unidades de internação de São Luís, Caxias, Imperatriz e São José de Ribamar. Esses municípios concentram as maiores populações carcerárias do estado, e, por via de conseqüência, os maiores contingentes de eleitores “especiais”.

Ídolos
O candidato Josivaldo Corrêa (PCB) demonstrou ontem, em entrevista à Rádio Mirante AM, forte simpatia pelas Farcs, pelo chefão venezuelano Hugo Chávez e até pelo Talibã afegão. Para ele, é a “mídia burguesa e capitalista que distorce a imagem destes ícones da luta contra o imperialismo”. Parece ignorar que as Farcs atuam no narcotráfico, o Talibã faz terrorismo assassino e Chávez é simplesmente um ditador.

E MAIS
A “análise” que alguns blogueiros estão fazendo da pesquisa do Ibope não tem qualquer sentido, principalmente a acusação de que o Ibope sempre erra.

Para mostrar o contrário: em 2006, a última pesquisa do Ibope anunciou empate entre Roseana e Jackson Lago. O resultado bateu com a margem de erro.

Charles Vieira (PCB) ensaiou, mas não acelerou na corrida eleitoral como candidato a senador. A pesquisa diz que ele tem só 1%, sem chances, portanto.

Foi um belo espetáculo de democracia política e de convivência de contrários o bandeiraço de sexta-feira à noite, na Ponte José Sarney.

Amigos comuns não devem convidar para a mesma mesa o pedetista Jackson Lago e o comunista Flávio Dino. Podem ter encrenca.
Estado Maior é uma coluna diária do Jornal O Estado do Maranhão
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini