No Brasil ninguém escapa ileso

No Brasil ninguém escapa ileso: "Nos brasileiros os vícios superam as virtudes. Mas não adianta querer mudá-los.

do blog DOM SEVERINO




Nós brasileiros somos todos iguais. Sem essa de querer ser diferente, porque no frigir dos ovos, eu sou igual a você e você é igual a mim, em termos de comportamento, nas atitudes. O nosso caráter é macunaímico (Macunaíma para quem não sabe é um herói brasileiro sem caráter, um anti-herói criado por Mário de Andrade) , ou seja, ninguém tem um bom caráter. O nosso caráter muda de acordo com a nossa conveniência. Agora vejam vocês que até o vice-presidente da república, um senhor de quase 80 anos, que mais parece um santo ao falar, foi obrigado a reconhecer uma filha fora do casamento. Depois de acusar a mãe da sua filha de prostituta.

Toda vez que eu aponto o dedo para alguém, como quem acusa, contra mim ficam apontados os outros dedos, o que significa dizer, que eu também não sou perfeito, em que pese a minha mania de querer consertar o Brasil.Um país fruto de uma miscigenação, de uma mistura de raças, que resultou na deformação do nosso caráter. O brasileiro é um ser humano de natureza festiva, alegre por natureza e que não leva a vida muito a sério, até nos momentos de extrema dificuldade.

Os vídeos das nossas televisões estão sendo tomados por apóstolos, espíritas, bispos, bispas, arcebispos, mães e pais de santos, que mais se parecem santos, mas que não passam de santos do pau oco. Uma gente que não resiste a uma criteriosa investigação. Um amigo me contou uma história que ele presenciou num templo de uma Igreja em São Luís. Mais ou menos assim: ele chegou ao estacionamento da até então sua igreja, no exato momento em que outra pessoa estacionava ao o seu carro ao lado do seu. De dentro desse carro saiu uma pessoa normal do ponto de vista físico, sem nenhuma anormalidade aparente, mas que na hora dos milagres, essa mesma pessoa se levantou da cadeira em que estava sentado e saiu caminhando como um aleijado para logo depois passar a caminhar normal e dando gritos de glória a Deus por ter sido curado. Naquele momento esse meu amigo perdeu a fé em Deus e nos homens.

E assim caminha o nosso país rumo a um futuro onde se salve quem puder. Com cada um quando se virando conforme a vocação e natureza, sem se preocupar em melhorar aquilo que não tem jeito. Porque a nossa natureza é imutável.

siga no Twitter o blog Dom Severino ( severino-neto.blogspot.com) @domseverino e Portalaz
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos