Leia a coluna de Udes Cruz desta sexta-feira (09)

Leia a coluna de Udes Cruz desta sexta-feira (09): "


PROCURADORA APRESENTA AS IMPUGNAÇÕES HOJE

A procuradora eleitoral, Carolina da Hora, apresenta , hoje, os primeiros pedidos de impugnação de candidaturas consideradas ficha suja, ou que seus titulares teham, supostamente, desobedecido a legislação eleitoral. Carolina da Hora tem até segunda-feira, como data limite, para entrar com todos os pedidos junto ao Tribunal Regional Eleitoral.

João Alberto,Zé Vieira,Cléber Verde,Magno Bacelar (Nota Dez),Gleide Santos,Márcia Marinho e Graciete Lisboa são alguns dos nomes que estão agendados pela procuradora eleitoral para serem impugnados.


INJUSTICA COM RAIMUNDO CUTRIM


Diferente do que publicou um blog local, o presidente do Tribunal Regional Eleitoral-TRE, desembargador Raimundo Cutrim, aceitou que os candidatos a governador que visitaram seu gabinete, apos o registro de candidaturas, fossem fotografados junto a ele. Estiveram la , dentre outros, a governadora Roseana Sarney e seu grupo, bem como o candidato Flavio Dino. Os dois candidatos a governador foram fotografados ao lado do desembargador Raimundo Cutrim. O grupo de Roseana mandou a foto para a imprensa e foi publicada. Ja o grupo de Flavio Dino nao mandou a foto para os jornais. Por isso, naturalmente, nao houve a publicacao da foto.

Assim, foi injusto o blogueiro ao dizer que o desembargador Cutrim so foi fotografado ao lado do grupo Sarney.


JOÃO ALBERTO NÃO INFRINGIU A LEI

Aliados do candidato a senador pelo PMDB, vice-governador João Alberto de Souza, garantem que ele não tem motivos para se preocupar com a ação da procuradora eleitoral Carolina da Hora sobre a impugnação de sua candidatura, por ter assinado uma ata, substituindo a governadora Roseana Sarney, durante reunião do Conselho de Políticas Estratégicas do Estado. Os defensores da candidatura João Alberto, entre eles o presidente do PMDB maranhense, ex-deputado Remi Ribeiro, asseguram que o ato praticado por João Alberto não tem qualquer influência que resulte numa mudança de resultado do pleito.

Por isso, o candidato João Alberto está tranqüilo e sabe que sua candidatura não será impugnada, diz Remi Ribeiro..


PREJUIZOS DOS “FICHAS SUJAS”

Os políticos maranhenses não devem apostar nas brechas na legislação eleitoral para emplacar políticos “fichas-sujas”, nas eleições deste ano. Os “fichas sujas” podem se candidatar, serem votados normalmente e, depois, perderem o mandato. Assim, vão prejudicar a si e sua coligação. Para especialistas, a tendência é que as punições aos “fichas-sujas” só ocorram após a votação ou mesmo depois da posse dos eleitos.

O pior é que, candidatos “fichas-sujas” amparados por liminares carregarão “um peso extra” nas campanhas e essa condição poderá causar prejuízos eleitorais a eles.


HERNANI E ADVOGACIA

Hernani Felipe Araujo Silva ( foto ), formado recentemente, em Direito, teve sua misa em ação de graça celebrada, ontem, e foi prestigiado por sua familia, comandada pelo professor Joaozinho Araujo, ex-vereador e ex-secretario do municipio de Pirapemas.


A colação de grau de Hernani dever[a ocorrer no proximo dia 21.


PT BATE EM ROBERTO ROCHA

O Diretório estadual do PT, no Maranhão, se prepara para ingressar na Justiça contra o deputado Roberto Rocha (PSDB), candidato a senador. Rocha é acusado de fazer propaganda fora do tempo, usando obras do governo federal como se fossem resultado de suas reivindicações.

O candidato a senador é acusado de ter instalado, no mês de abril, em vários trechos da rodovia BR-230, outdoors com a frase: “Reconstrução da BR 230. Estreito – Carolina – Riachão – Balsas. Primeiro a gente faz. Depois a gente fala. Deputado Roberto Rocha”.







CONTRATO SUSPEITO NA EDUCAÇÃO

O governo Roseana Sarney deve apurar se é verdade o que divulgaram, ontem, os blogs dos jornalistas Luis Cardoso e Raimundo Garrone sobre uma negociação entre a Secretaria da Educação e a Gráfica Expressa, contratada com dispensa de licitação para confeccionar milhares de diários de classes para serem distribuidos à toda rede de ensino publico estadual do Maranhão.

A empresa tem apenas um capital de R$ 2.800,00, e não estaria habilitada para executar o contrato, no valor de R$ 2.981. 452,02.



CASTELO PODE MUDAR ADMINISTRACAO


O prefeito da capital, João Castelo, deve promover uma reforma adminstrativa na sua gestão É possível que a reforma em questão tenha sido iniciada com a exoneração do secretário de Obras, Cláudio Carvalho, que assumiu uma vaga na Secretaria de Administração. Carvalho demonstrou lentidão na execução de ações daquela pasta.

Comenta-se, na imprensa, que a próxima mudança deverá atingir a secretária de Educação, Sueli Tonial, que não tem tido habilidade para lidar com a greve dos professores.


O SILÊNCIO DO MP COM ALESSANDRO

São diversos os comentários sobre o comportamento do Ministério Público do Maranhão com relação à prisão do empresário Alessandro Martins, dono da Euromar. Só ontem, depois de sete dias, o MP abandonou o silêncio sobre o pedido de prisão do empresário Alessandro Martins.

A chefia do Ministério Público deve explicações, já que, normalmente, sua assessoria de comunicaçao noticia e encaminha aos veículos de comunicação medidas adotadas por seus promotores e procuradores. Com o caso Alessandro Martins foi diferente.


POLÍCIA FAZ DISCRIMINAÇÃO

Diferente, também, foi o comportamento da polícia maranhense, no caso Alessandro Martins. Crimino9sos menos importantes no estrato social são apresentados à impresa, logo que são presos. É como se a polícia exbisse um troféu. Com Alessandro a coisa foi outra. Até , ontem não houve qualquer apresentação à imprensa.


DEPUTADA SITE DA ASSEMBLEIA

A deputada estadual Helena Heluy, do PT, que é promotora de Justiça, aposentada,cobrou do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Tavares (PSB), a volta imediata do site do Legislativo Estadual, bem como sua divulgação aos órgãos da imprensa local.

Segundo a parlamentar, não há nenhum impedimento eleitoral que suspenda a divulgação das atividades legislativas pelo site da Casa. “Não entendo que cautelas precisamos ter para sermos transparentes, a todo tempo, inclusive em período eleitoral. Nada impede”, afirmou Helena Heluy


IRRITADOS COM A CULTURA

O secretário de Cultura, Luis Bulcão, est[a sendo acusado de ter adotado critérios absurdos para beneficiar algumas pessoas, no caso da distribuiçao de recursos para patrocinio dos festejos juninos. Por isso., teria deixado varios prefeitos, inclusive aliados do seu grupo politico, bastante irritados.


Uns municipios receberam muitos recursos e outros receberam quase nada, ou nada mesmo. Daí as muitas Criticas.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos