Impugnações viram meras armas de constrangimento de adversários no Maranhão

Impugnações viram meras armas de constrangimento de adversários no Maranhão: "

do Marco Aurélio D'Eça


A coligação PDT/PSDB – leia-se Aderson Lago – impugnou a candidatura da governadora Roseana Sarney (PMDB). Acha que ela pode ser enquadrada na Lei da Ficha-Limpa por, supostamente, ter sido condenada em ações envolvendo uso do seu nome em prédios públicos.


A coligação de Roseana, por sua vez, impugnou o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB). Considera que sua condenação pelo Tribunal de Justiça – em uma ação por conta do acúmulo de salários de governador (ele recebia como titular do cargo e como aposentado) – também pode ser enquadrada na Lei da Ficha Limpa.


No Maranhão, o que parecia distante, voltou à tona: as eleições despontaram para as barras da Justiça. A campanha eleitoral maranhense será, mais uma vez, judicializada.


As ações de impugnação, mais do que uma questão legal, transformaram-se numa arma de constrangimento de adversários.


Neste jogo, o que menos importa é a justiça.


Um exemplo: Jackson Lago tem o caso mais grave a ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. Natural que todos os adversários que presam pelas eleições limpas acionassem o tribunal para afastá-lo da campanha.


Mas como Roseana não tem interesse algum em seu afastamento da disptua, sua coligação fez de que conta que não viu o pedetista.


O comunista Flávio Dino, por sua vez, sonha dia e noite com a saída de Jackson, mas como espera herdar seus votos e o apoio do seu grupo, também fingiu que não viu sua condenação.


Assim, o TRE vai servindo apenas como válvula de escape de interesses pessoais – se um adversário pode atrapalhar, impugna-se ele. Se sua presença na disputa ajuda a vencer a eleição, então joga-se suas dívidas judiciais para debaixo do tapete.


O eleitor, que deveria te o direito de escolher livremente, vira apenas um detalhe.


Um mero detalhe sem importância…



"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos