Balneário Veneza em Caxias, ganhará status de parque aquático

Balneário Veneza em Caxias, ganhará status de parque aquático: "



do blog: Maranhão Maravilha


Balneário Veneza


Caxias - Estão em ritmo acelerado as obras de reforma do Balneário Veneza, em Caxias. A tradicional área de lazer do município ganhará, em breve, o status de parque aquático. Orçada em mais de R$ 4 milhões, a reforma será dividida em várias etapas.


Na primeira fase, estão em construção 17 módulos de apoio aos turistas, construção de banheiros públicos, guarita na entrada e reservatório de água. Somente nesta fase do projeto serão gastos R$ 2,5 milhões. A previsão é de que a primeira etapa seja concluída até dezembro deste ano.


Na segunda etapa, serão realizadas as construções de mais quatro módulos de apoio aos turistas. Desta vez serão recuperados bares e restaurantes e construídos um palco e duas casas de shows, além da urbanização do local.


A terceira fase, ainda sem previsão para o seu início, será também a de conclusão, com a construção de quadras poliesportivas, estacionamento e campo de futebol.


Preservação - Aprovada pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a recuperação do balneário não prejudicará a área que engloba nascentes de água mineral e o rio Itapecuru, que passa ao fundo da Veneza. Segundo o secretário de Infraestrutura, Vinicius Araújo Leitão, o projeto foi estudado por mais de um ano para que tivesse o menor impacto ambiental possível no espaço onde está situado o balneário.


Para os banhistas que já acompanham as mudanças, o balneário não será interditado durante a realização da obra. O clima é de expectativa, já que folhetos mostrando como ficará a obra estão sendo entregues aos banhistas.


“Acho que vai ficar lindo quando estiver pronto. O melhor é que quem nunca veio aqui vai sentir vontade de vir logo à Veneza e quem já veio vai voltar mais vezes. A gente estava esperando há muito tempo essa reforma. Depois da reforma, nós vamos poder ter mais banhistas”, comemorou a moradora do balneário, Francisca de Jesus Gonçalves.


Toda a área geográfica da Veneza, mais de 10.000m², pertence ao Município, mas este pouco cuida do local. Quem, de fato, mantém o lugar são as 17 famílias que residem no balneário e que vêem com muito entusiasmo a reforma que está ocorrendo no lugar.


As famílias vivem do que é comercializado nos bares e restaurantes edificados no balneário por conta própria. Maria dos Reis da Silva, por exemplo, sustentou os cinco filhos com os rendimentos adquiridos no balneário.

“A gente já estava esperando por essa obra há muito tempo. Finalmente ela está acontecendo e eu espero que não demore, pois quem nos ajuda é o povo que vem de fora, porque o da cidade mesmo vem pouco, e, quando vem, não consome quase nada”, reclamou a moradora da Veneza.


O proprietário de bar Raimundo Manoel de Souza vê com muito entusiasmo a recuperação do balneário.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos