Assinado contrato para terraplenagem da Refinaria Premium

Assinado contrato para terraplenagem da Refinaria Premium: "

do BLOG: Maranhão Maravilha



Foi realizada ontem pela manhã, na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, a assinatura do contrato entre a estatal e o consórcio formado pelas empresas Fidens, Serveng e Galvão Engenharia para realização da terraplenagem, drenagem e obras de acesso da Refinaria Premium I, que será construída no município de Bacabeira (MA). Também foram assinados dois protocolos de intenção. Um entre a estatal e a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que fará diversos estudos sociais e ambientais ligados à instalação da refinaria no estado, e outro com a Fundação Sousandrade.


O contrato tem prazo de 960 dias e visa preparar a área da refinaria para receber as unidades de processamento principais, auxiliares e de utilidades. No pico da obra a previsão é de 3.000 a 3.500 trabalhadores no canteiro, durante a terraplenagem.
O valor do contrato de terraplenagem é de R$ 711 milhões. Os serviços deverão ter início nos próximos dias e ser concluídos em 18 meses. A Petrobras já dispõe de licença da Secretaria de Estado de Meio Ambiente para a obra. O serviço deve movimentar 50 milhões de m³ de terra. A terraplanagem será realizada por etapas e, inicialmente, ocorrerá na área onde serão instaladas as unidades de processamento.


A solenidade teve a participação do presidente da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Fernando Fialho; do diretor da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Allan Kardec Duailibe; do reitor da UFMA, Natalino Salgado; do diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto da Costa; da presidente da Fundação Sousandrade, Maria do Socorro Ramos Neiva; do Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFMA, Fernando Carvalho Silva, e dos representantes do consórcio que realizará a terraplenagem.


Esforço - O diretor da ANP elogiou o esforço do ex-ministro Edison Lobão que, segundo ele, ligava diariamente para a Petrobras para saber das novidades sobre a instalação da refinaria.


Allan Kardec, que assinou como testemunha os dois documentos, elogiou o apelo feito pelo diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, que pediu formalmente às empresas do consórcio que vão realizar a terraplenagem - Galvão Engenharia, Serveng e Fidens - que capacitem e utilizem mão-de-obra local, assim como as empresas existentes no Maranhão.


“Isso será importante para melhorar a qualidade de vida de muita gente pobre. Esse pedido do diretor Paulo Roberto Costa representa muito para um maranhense do interior como eu, que sabe o que é pobreza”, afirmou Allan Kardec.


O reitor da UFMA, Natalino Salgado Filho, disse que o Maranhão vive um momento histórico e que a presença da Petrobras no estado enaltece os maranhenses. Segundo ele, a estatal é uma empresa estratégica para o Brasil e contribuirá muito para o desenvolvimento do estado.


O reitor destacou ainda que a UFMA está se preparando para melhorar a qualificação de seus alunos, citando a criação do Instituto de Engenharia como uma iniciativa para atender à demanda de mão-de-obra qualificada que a Petrobras terá ao construir e operar a refinaria.


A Refinaria Premium I evitará que o Brasil seja apenas um exportador de óleo cru, possibilitando ao país exportar produtos de maior valor agregado.


“O Brasil ainda é importador de óleo diesel e de querosene de aviação. Caso o país não aumente sua produção, nos próximos anos vamos ficar numa situação muito frágil, dependendo do exterior para abastecer o mercado interno”, destacou o diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa.


Números


- Corte, carga, transporte de terra - aterro ou bota fora: 32.000.000 m³
- Aterro compactado: 22.000.000 m³
- Areia importada para drenos: 130.000 m³
- Cal hidratada: 371.000 ton
- Concreto: 122.000 m³
- Premoldados: 3.600 ton
- Aço (armação): 6.100.000 kg
- Canais: 15 km


Mais


- A Refinaria Premium I da Petrobras tem investimentos previstos em torno de US$ 20 bilhões.


- Será construída numa área de 20 km² no município de Bacabeira.


- Quando estiver funcionando com sua capacidade plena, prevista para 2015, ela terá capacidade para refinar cerca de 600 mil barris de petróleo por dia, atendendo às necessidades das regiões Norte e Nordeste do Brasil.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos