Altemar Lima é cassado no TRE; veja outros casos

Altemar Lima é cassado no TRE; veja outros casos: "


do Blog do Décio

O TRE indeferiu nesta quinta-feira pela manhã o registro de candidatura do ex-secretário municipal e estadual de Educação Altemar Lima (PPS). Vários candidatos do PTC vão ficar fora da disputa por problemas de filiação partidária, entre os quais o poeta Emílio Ayoub. O ex-vereador Pedro Celestino (PP) também teve seu registro indeferido pelo mesmo problema. O ex-candidato a prefeito de Pinheiro Luciano Genésio (PCdoB) teve deferido o registro de sua candidatura. Ele havia sido impugnado acusado de não ter quitado dívidas eleitorais de campanhas passadas, mas conseguiu comprovar ter parcelado os débitos.


Altemar não comprovou desfiliação


No caso de Altemar, um dos principais artífices da ida da adesão do PPS à candidatura Flávio Dino (PCdoB) após debandada do PDT de Jackson Lago, ele se declarou servidor público sem apresentar documento de desincompatibilização.


Aliado de ocasião do presidente da legenda, Paulo Matos, Altemar é vereador em Alto Alegre do Pindaré e atua (ou já atuou) como consultor ou mesmo secretário de Educação em várias prefeituras no interior do Maranhão. Formalmente, seu último cargo de secretário foi em Coelho Neto. Numa rápida busca no google a procuradora regional eleitoral, Carolina da Hora Mesquita, constatou que o socialista consta como membro do Conselho Penitenciário.


O blog chegou a brincar com o agora ex-candidato em nota (reveja) dizendo que ele estava evitando o eleitor por estar com a cara inchada por ter investido num melhor visual ao se submeter a uma operação de implante capilar em São Paulo. Ele também costuma usar sapatos com plataformas para parecer mais alto.


Além de Altemar, a coligação “Muda Maranhão” (PCdoB/PPS/PSB) teve cassada as candidaturas de Benedito dos Santos, Benedito Garcia e Wilson Sarmento (PPS), além de Nonato de Bacabal e Enoc Lopes (PCdoB). O presidente do PSB, José Antonio Almeida, desistiu da disputa e indicou o filho Mauricio Luitgards de Almeida. Ele teve o registro deferido. Os juízes encontraram muita dificuldade para pronunciar o nome do candidato Chidosie Patrick Emmanuel Ezeanowai (PCdoB), o Dr. Patrick (PCdoB).


Armação no PTC?


Vem chamando a atenção nos julgamentos do TRE o grande número de cassações de membros do PTC por falta de filiação partidária. Poucos estão escapando da degola, entre eles o presidente da legenda, deputado Edivaldo Holanda, e o filho Edivaldo Holanda Júnior.


Emílio Ayoub apelou da tribuna, mas TRE confirmou a cassação


Hoje o ex-deputado Luiz Pedro, também do PTC, teve seu registro deferido. Ele havia deixado o PDT no sentido de encontrar mais facilidade para se eleger, mas seu novo partido acabou coligado com a antiga legenda e o PSDB. Não tiveram a mesma sorte do ex-deputado os trabalhistas-cristãos André dos Assentos, Edílson Ribeiro e Emílio Ayoub Jorge.


Este chegou a fazer um apelo emocionado da tribuna declamando algumas de suas poesias e contando a história de vida. Os juízes e a própria procuradora eleitoral se disseram “comovidos” com a situação, mas confirmaram a cassação. Ontem a candidata Cristina Jantem (PTC), impugnada também por problemas de filiação partidária, chegou a chorar no gabinete do juiz Sérgio Muniz, relator do seu processo. Outra vítima do mesmo problema foi o apresentador Justino Filho (PTC), de Imperatriz.


Outros candidatos cassados na sessão desta quinta-feira foram Cabo Silva (PDT), Ribeiro Neto (PR), Edina Batista (PRTB), Reginaldo Santos (PRB), Israel Vieira (PSL), Chico Feio e Daniel Cruz (ambos do PP). Emílio Bandeira (PSL) desistiu da disputa.

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos