Água contaminada mata mais que casos de violência

Água contaminada mata mais que casos de violência: "


do Correio de Imperatriz

A poluição da água é uma das causas que mais mata no mundo e afeta milhares de pessoas todos os dias. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), 1,8 milhão de crianças com menos de 5 anos morrem anualmente em decorrência da água suja e contaminada, o número é maior do que casos de violência. O relatório ainda diz que grande parte dessa contaminação acontece nos países em desenvolvimento, que lançam 90%de esgoto nos rios sem tratamento, no Brasil, esse número é de 80%. Atualmente, cerca de 4.000 crianças menores de cinco anos morrem todos os dias de doenças passíveis de prevenção causadas por doenças relacionadas à água, como diarréia, febre tifóide, cólera e disenteria.

Cerca de 900 milhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso à água potável, enquanto que 125 milhões de crianças menores de cinco anos vivem em lares sem acesso a fontes de água potável. Além disso, 2,5 bilhões de pessoas não contam com serviços adequados de saneamento.

O olhar para a importância do tratamento de água é urgente em todo mundo. Devemos começar a agir imediatamente para mudar a realidade em nosso país. Os principais agentes poluidores são o esgoto, resíduos industriais, pesticidas agrícolas e resíduos animais. Atualmente, existem diversos tratamentos de água para que ela possa ser utilizada de forma consciente e ecologicamente correta.

A água é considerada potável quando pode ser consumida pelos seres humanos. Infelizmente, a maior parte da água dos continentes está contaminada e não pode ser ingerida diretamente. Limpar e tratar a água é um processo bastante caro e complexo, destinado a eliminar da água os agentes de contaminação que possam causar algum risco para a saúde, tornando-a potável. Em alguns países, as águas residuais, das indústrias ou das residências, são tratadas antes de serem escoadas para os rios e mares. Estas águas recebem o nome de depuradas e geralmente não são potáveis.

Estima-se que 80% das doenças humanas são relacionadas à água não-tratada, ao saneamento precário e à falta de higiene básica. A Organização Mundial da Saúde (OMS) afirma que doenças transmitidas dessa forma provocam pelo menos 25 milhões de mortes a cada ano em países subdesenvolvidos, gerando custos altíssimos para a vida humana.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini