Retrocesso: Educação de Matões ainda usa pau-de-arara

Retrocesso: Educação de Matões ainda usa pau-de-arara


Parece mesmo que o progresso ainda não chegou a Matões, cidade que fica localizada no Leste maranhense, tendo mais de 30 mil habitantes e que sempre foi administrada por políticos tradicionais sem terem de fato compromisso com os interesses da maioria da população pobre.

Caminhão transporta alunos no povoado União, zona rural de Matões
Como se observa, o setor da educação que deveria ser levado a sério como uma prioridade na administração pública municipal não vem funcionando a contento como determina o Ministério da Educação.
Porque quanto mais ignorante e iletrado for o povo, mais fácil é de serem enganados com quinquilharias em troca de votos. Não faz parte da índole do político investir na população, nos alunos, tão pouco nos funcionários. Preferem investir em obras que aparecem mais do que na formação do cidadão.
Através de um e-mail recebido pelo blog Ademar Sousa de um leitor matoense que pede anonimato. O caso mais grave denunciado está ocorrendo na localidade União, zona rural de Matões. Trata-se de transporte escolar sem condições técnicas e como se pode verificar os estudantes estão sendo transportados de forma irregular.
Este tipo de transporte é clandestino e ilegal, e coloca em risco a vida de alunos. Os pais de alunos desta comunidade demonstram preocupação temendo uma tragédia de graves proporções.

Transporte irregular põe em risco vida de alunos
Pelo jeito, as autoridades constituídas do município de Matões ignoram esse tipo de irregularidade. Não temos conhecimento de nenhuma denúncia sobre o caso de transporte escolar irregular e outras mazelas na área da educação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos