José Sarney lança livro no Convento das Mercês

José Sarney lança livro no Convento das Mercês: "
O Presidente do Senado, José Sarney (PMDB), lançou na noite de ontem (18.06) no secular Convento das Mercês o seu mais novo livro: 'Maranhão - Sonhos e Realidades', onde espõe com maestria importantes momentos da História do Maranhão.
A festa, ao som de uma mini-orquestra com instrumentos de sopro e violinos, serviu ainda para o lançamento do livro 'José Sarney - Memorial dos 80 anos' escrito pelo desembargador aposentado Milson Coutinho, onde faz um relato sobre a trajetória de um dos homens mais ilustres dentro do cenário político brasileiro.
Estiveram presentes ao lançamento Secretários de Estado, políticos, amigos e admiradores de Sarney.
Após os autógrafos que Sarney fez questão em dar a todos os presentes, cerca de 300 pessoas, Sarney fora inaugurar a mais nova galeria de arte do Convento.

Juventude

Cerca de cem jovens estiveram presentes ao lançamento, como presidentes de grêmios, presidentes de associações e líderes de juventude, entre eles Saddam Hussein e André Campos respectivamente líder de Juventude de Coroatá e Presidente da Associação de Moradores do Desterro.
O Secretário-adjunto de Juventude Ruy Pires, também presente ao evento, teve conversa reservada com Sarney no convento na parte da tarde e expressou a admiração que a Juventude do Brasil tem por Ele.
José Sarney ladeado pelos jovens André e sua namorada e Saddam

André, Dep. Estadual Roberto Costa, Saddam e Ruy Pires. No detalhe os vários líderes e presidentes de movimentos presentes no lançamento.


Discurso

Aos 80 anos com uma entonação de fazer inveja a qualquer pessoa, discursou emocionamente, contando histórias de sua vida política. Citando Lincoln, disse jamsi ter tido rancor de alguém no coração, como bom Cristão que era. 'Nunca busquei ter inimigos e se o fiz foi sem perceber' destacou o Senador.

Trajetória

O político em atividade política mais antiga no Congresso, Sarney fora eleito em 1954 suplente de Dep. Federal pela UDS; Eleito Dep. Federal em 1958 e 1962. Fora eleito Governador do Maranhão em 1965 e Senador em 1970 e 1978 pela Arena. Presidente da República com a morte de Tancredo Neves em 1985, fora eleito senador pelo estado do Amapá em 1990, 1998 e 2006.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos