Jogadores do Moto são despejados de hotel

Jogadores do Moto são despejados de hotel: "


Camilo Durans


O lateral direito Hugo, o lateral esquerdo Leandro, o zagueiro Everton e o volante Daniel Bruder, que foram contratados pelo Moto de times de outros estados, foram despejados de um hotel da capital por falta de pagamento e estão alojados no CT Pereira do Santos. A crise financeira que afeta o Papão preocupa os jogadores que não sabem o que fazer e só lamentam a situação em que se encontram.


O caso foi parar na polícia, já que a administração do hotel prestou queixa pelo não pagamento das diárias. O volante Daniel Bruder lamenta a crise e espera com urgência alguma notícia boa da diretoria. “A coisa não está nenhum pouco boa. Estamos aqui jogados, não aparece ninguém da diretoria para falar nada e não sabemos quando a nossa situação financeira será resolvida”, comentou Daniel Bruder.


O atacante Dilton, que está na mesma situação dos amigos, mas pelo menos tem casa e família na capital, ficou triste com a situação dos parceiros. “É desagradável a situação do Moto. Eu me sinto envergonhado. Ainda bem que o meu contrato está acabando e estou procurando outra coisa para mim. Não dá mais”, comentou Dilton.


José Cursino Raposo, presidente do Conselho Deliberativo do Moto informou que a situação poderá ser resolvida na próxima quarta-feira (30), data da eleição e apresentação da nova diretoria. Para ele, o Moto não tem tanta culpa no que está acontecendo, devido o dinheiro que foi prometido aos clubes e não saiu nem 20%. “O Moto se armou com o dinheiro prometido, mas não saiu. Estamos fazendo o que é possível. Mas garanto que fome não estão passando, eu gasto cerca de R$ 10 mil com o Moto para isso não acontecer”, comentou Raposo.


A proposta do Conselho é fazer uma reunião dos novos diretores com os jogadores, para resolver se irão pagar a passagem para eles irem embora ou se eles querem continuar no Moto para a disputa do Campeonato Maranhense.


Fonte: O Imparcial

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos