Cooperativa Babaçu Livre do Maranhão é destaque em feira realizada em Brasília

Cooperativa Babaçu Livre do Maranhão é destaque em feira realizada em Brasília: "


Floresta é a base da vida da comunidade de Maria Katiana Silva Souza, da região do Médio Mearim, no Maranhão. Maria Katiana é filha de quebradeira de coco babaçu, atividade que é, mais que uma profissão, uma conquista, quase uma religião. O babaçu é como uma planta sagrada no Maranhão. Dele se aproveita a amêndoa, o mesocarpo, a palha, a madeira. Difícil é encontrar algo que não seja aproveitável nessa planta.


Mas as quebradeiras de coco tiveram que lutar muito para conquistar o direito de explorar os babaçuais. Como eles em geral estão em terras particulares, muitas vezes as quebradeiras de coco ficavam impedidas de entrar. Os conflitos duraram por décadas, mas foram vencidos com a aprovação de leis que garantem o acesso das quebradeiras aos babaçuais.


Toda essa história e os produtos resultantes dela estarão na VII Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária – Brasil Rural Contemporâneo, que se realiza de 16 a 20, na Concha Acústica, em Brasília.


Maria Katiana, representando a Cooperativa Babaçu Livre, trará para a feira sabonete de babaçu, obtido a partir do óleo da amêndoa, e a farinha do mesocarpo do babaçu. Ela garante que o sabonete é um excelente hidratante natural, ótimo para quem tem a pele oleosa, mas igualmente bom para qualquer tipo de pele. A farinha? Um rico complemento alimentar, com propriedades antiinflamatórias, rica em cálcio e vitaminas, boa para a gastrite. O produto entra em receitas de bolos, biscoitos, sorvetes e mingaus.


Assessoria de Comunicação Social MDA/Incra



Leia mais...


"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos