Carpinteiro descobre que está “morto” ao tentar dar entrada em seguro desemprego

Carpinteiro descobre que está “morto” ao tentar dar entrada em seguro desemprego: "


O carpinteiro João Sousa de Oliveira ficou perplexo quando veio de Estreito a Imperatriz para dar entrada em seu seguro desemprego. Ele constatou que está “morto”.O cartório que emitiu a certidão de óbito firmada por um médico seria da cidade de Estreito, a 125 quilômetros de Imperatriz.Segundo o cartório, o carpinteiro João Sousa de Oliveira estaria “morto” desde o dia seis de março de 2006, tendo como causa da morte traumatismo craniano, parada cardíaca e parada respiratória.


João Sousa Oliveira trabalhou pouco mais de dois anos em uma empresa de Estreito, com carteira assinada, até ser demitido. De posse dos papéis que recebeu da empresa quando de sua demissão, João Sousa de Oliveira veio até Imperatriz para dar entrada no seguro desemprego. Nesta ocasião, foi declarado que ele estava “morto”.


A suspeita é de que o nome do carpinteiro tenha sido usado em fraude para conseguir benefícios como pensão por morte, ou até algum seguro que possa estar em seu nome, por meio fraudulento. João de Oliveira, que é casado e pai de três filhos, vai ter de provar que está muito vivo. Ele foi aconselhado a procurar a Polícia Federal e denunciar o fato, para que as pessoas que causaram esse problema cruciante sejam responsabilizadas.


O Progresso



Leia mais...


"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini