“Vocês serão meus companheiros de luta”, diz Roseana após receber apoio do PT do Maranhão

“Vocês serão meus companheiros de luta”, diz Roseana após receber apoio do PT do Maranhão: "
O PT do Maranhão sacramentou neste domingo o apoio a candidatura à reeleição da governadora Roseana Sarney (PMDB). Em manifesto entregue a Roseana, com mais de 90 assinaturas de delegados que participaram do encontro do partido em março, os petistas reafirmaram que o projeto nacional da legenda no Estado passa pela reeleição da peemedebista, ao mesmo tempo em que reinvindicam a vaga de vice-governador na chapa.
Participaram da reunião, encerrada por volta das 16h e realizada no hotel Holliday Inn (São Francisco), os secretários petistas José Antonio Heluy (Trabalho), Anselmo Raposo (Educação), Edmilson Santos (Desenvolvimento Social), o também secretário Hildo Rocha (Articulação Política), o presidente do partido no Estado, Raimundo Monteiro, o suplente de deputado federal Washington Luiz Oliveira, o prefeito Luizinho da Amovelar (Coroatá), o ex-prefeito Miltinho Dias (Barreirinhas), os pré-candidatos Frasuila Lopes e Edmilson Carneiro, além de cerca de cem integrantes da legenda.

Washington e Monteiro evitaram falar abertamente que a questão foi realmente fechada em favor de Roseana. Disseram que vão encaminhar o documento para a Direção Nacional do PT “decidir”. No entanto, segundo apurou o blog, essa foi a fórmula que o partido no Estado foi orientado a fazer para evitar confronto interno. Na semana passada, o presidente Lula bateu o martelo em favor de Roseana, segundo revelou o jornal O Globo (reveja).

Segundo Washington, o encontro marcado para o dia 21, quando seriam definidas questões relativas a candidaturas de senador e vice, não deve ser mesmo mais realizado. “Queremos evitar o confronto porque já tinha gente (Domingos Dutra) dizendo que iria haver sangue”, disse. De acordo com ele, a questão agora está nas mãos do presidente Lula e da pré-candidata Dilma Roussef. “Eles é que vão fazer a análise (do manifesto) e decidir. Não se trata de intervenção. Estamos tentando encontrar uma saída política. O encontro passado foi muito contubardo e inibiu a manifestação livre dos delegados”, explicou.

Declarações

Muito assediada durante a reunião, a governadora teve de posar para fotos com os novos “companheiros” e até ganhou de presente uma camisa com a estrela vermelhado do PT. Ela garantiu a participação de um membro do partido na chapa majoritária, mas evitou fechar questão em torno da vice.

“Eu não quero vocês por debaixo dos panos. Eu não tenho vergonha de vocês e nem vocês de mim. Não quero subserviência. Não quero um partido fraco do meu lado. Por isso coloquei três secretários em pastas importantes e estratégicas. Não quero que aconteça com vocês o que aconteceu em 2008 quando o PT não elegeu nenhum candidato a vereador”, disse ela, sendo interrompida por efusivos aplausos.
Na sequência, completou: “Queremos uma aliança em pé de igualdade. Não tenho nenhum problema de colocar os projetos do PT no plano de governo e da participação de vocês na campanha. Não tenho nada a esconder. Vocês vão fazer parte da minha chapa (majoritária). Vão ser verdadeiramente meus companheiros de luta”.

Reproduzido do Blog do Décio Sá
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini