OPERAÇÃO SAVANA: POLÍCIA FEDERAL PRENDE FRAUDADORES DE CONCURSOS NO PIAUÍ

OPERAÇÃO SAVANA: POLÍCIA FEDERAL PRENDE FRAUDADORES DE CONCURSOS NO PIAUÍ: "
QUADRILHA fraudou concurso da PMT, PM, CEFET e outros
COBRAVAM R$ 20 MIL PELO GABARITO! Polícia Federal dá detalhes da 'Operação Savana' no PI


Cybelle Moreira/Site 180 graus

A Polícia Federal explicou, em entrevista coletiva, como se deu a 'Operação Savana', deflagrada desde as 5h da manha desta sexta-feira (14/05). Tinha o objetivo de desbaratar uma quadrilha que fraudou concursos da PMT (Prefeitura Municipal de Teresina), Polícia Militar (PM-PI) e até CEFET-PI (antigo Centro Federal Tecnológico, hoje chamado de IFPI-Instituto Federal).

Na coletiva, o delegado regional de combate ao crime organizado da PF-PI Jandrélyer Gomes, explicou que o 'cabeça' da quadrilha era um funcionário do CEFET-PI, que não teve o nome revelado. Ele pegava 1 folha de cada um dos integrantes da quadrilha e juntava as folhas, preenchendo a quantidade certas de folhas do listão . Nessa ''operação'' cada um tinha um ponto no ouvido para se comunicar e saber a hora de entregar a sua parte, era cobrado R$ 20 mil. A Polícia Federal tem informação que toda a família desde 'cabeça' participava.

A 'Operação Savana' é composta por 17 integrantes deste somente 8 forom indiciados. Nenhum nome foi revelado, mas a PF-PI diz que há professores, estudantes e funcionários de grandes instituições de ensino do Piauí. A Operação foi realizada em conjunto com o Ministério Público Federal, ocasião em que foi feita a apreensão de documentos que serviam para instruir as fraudes, bem como uma motocicleta que se encontrava em poder de um dos envolvidos e que foi utilizada como moeda de pagamento.
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos