Alessandro Martins transfere bandeira da Volkswagen

Alessandro Martins transfere bandeira da Volkswagen: "

Deve chegar ao fim, esta semana, o ciclo de menos de uma década da Euromar como revendedora autorizada da Volkswagen do Brasil em São Luís, pois a montadora, de tanto pressionar, conseguiu “convencer” o empresário Alessandro Martins a devolver a bandeira, que a partir desta semana passa a ser representada por dois grupos de tradição no mercador automotivo do Norte e do Nordeste.


Um dos novos concessionários é o empresário Salomão Acolumbre, de Macapá (AP), que assumirá o controle também da revenda em Bacabal, e o segundo é Pedro Schwambach, de Recife (PE), que já revende em São Luís as marcas Toyota (Tama), Peugeot (Rivoli), Mercedes Benz (Mardisa) e Hiunday (Patea), e ficará também com a revenda VW de Santa Inês.




Alessandro Martins passa bandeira da Volkswagen do Brasil
Uma das pendências mais polêmicas com a saída da Euromar do mercado diz respeito às suas instalações no bairro do Jaracati, pois o imóvel pertence ao empresário Carlos Gaspar, proprietário da Auvepar, ex-concessionária da Volkswagen e hoje revendedora da Kia, mas Alessandro Martins se recusa a devolvê-lo ou a sequer pagar o aluguel.


A disputa pelo prédio vem se desenrolando há anos na Justiça e depois de haver por diversas deferido a favor do presidente da Euromar, o juiz Douglas Airton Ferreira Amorim, da 3ª Vara Cível, decidiu abandonar o caso, por considerar-se suspeito para continuar julgando as ações impetradas por ambas as partes, após Carlos Gaspar ter entrado com uma representação contra o magistrado no Conselho Nacional de Justiça (CNJ).


Polêmica maior, no entanto, envolve a Euromar e diversos clientes e ex-empregados que ingressaram contra ela com mais de 300 ações com pedidos de indenizações trabalhistas e a solução para o problema de regularização dos veículos adquiridos em nome de frotistas, mas que acabaram nas mãos de particulares, vendidos a preços fora da realidade do mercado.



Prédio da Euromar pertence ao empresário Carlos Gaspar, da Auvepar


O valor da transação ainda não foi revelado, mas é um volume altíssimo, pois envolve até uma quantia de R$ 20 milhões que a Euromar deve para a Volks e resta saber agora se a Justiça vai obrigar Alessandro Martins indenizar os empregados que demitiu de forma questionável, o proprietário do imóvel que ocupa e os donos das locadoras enrascados na Polícia Federal, Receita Federal, Receita Estadual etc, por terem “adquirido” carros que nunca foram seus, já que saíram direto do pátio da Euromar, que as encomendou, para a garagem de particulares.
"REPRODUZIDO DO: MARANHÃO HOJE/ de aquilesemir@uol.com.br (Aquiles Emir)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini