Termoelétrica de Miranda do Norte será inaugurada no dia 20 de maio

Termoelétrica de Miranda do Norte será inaugurada no dia 20 de maio: "

A termelétrica Geranorte, localizada no município de Miranda do Norte, poderá ser inaugurada, oficialmente, no dia 20 de maio. A data foi discutida ontem com o secretário de Indústria e Comércio, Maurício Macedo, durante visita de executivos da Equatorial Energia, que detém parte das ações da Geranorte, e da Companhia Energética do Maranhão (Cemar). O encontro foi para oficializar as mudanças que ocorreram na alta direção da Equatorial e sua controlada.


A implantação da Geranorte foi concluída em janeiro deste ano. Foram investidos R$ 560 milhões e gerados 1.200 empregos, entre diretos e indiretos. Para operação e manutenção, serão gerados cerca de 100 empregos diretos e indiretos. A termelétrica tem capacidade para gerar 330,6 MW de energia.

A Geramar I, uma das duas usinas do Projeto Geranorte, teve o início de sua operação comercial autorizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) no dia 9 de janeiro deste ano. Dessa maneira, a Geranorte passou a ter direito à receita fixa anual referente a uma das usinas (R$ 68,1 milhões, a valores de 2007 que deverão ser corrigidos por IPCA), conforme leilão de energia A-3 realizado em 2007.

A Geranorte é a responsável pela implementação e operação de duas usinas termoelétricas no Maranhão, com capacidade instalada conjunta de 330 MW, as quais fornecerão energia para o Sistema Interligado Nacional.

O consórcio que controla a Geranorte é composto pela Equatorial Energia (25%), Fundo de Investimentos em Participações Brasil Energia (25%) e GNP (50%).

Interesse - Durante o encontro, o secretário Maurício Macedo destacou que, a cada dia, empresários de vários setores manifestam interesse em investir no Maranhão e a geração de energia, dentro dessa conjuntura, é um ponto fundamental para atender à demanda que vem se aumentando.

O presidente dos conselhos de Administração da Equatorial e da Cemar, Carlos Piani, não descarta a possibilidade de novos investimentos da Equatorial em geração de energia no Maranhão, visando atender ao crescimento da economia. 'Estamos atualmente buscando outras atividades de geração de energia', informou Piani.

Com relação à distribuição, a Cemar planeja investir, este ano, R$ 440 milhões na construção de subestações, linhas de transmissão e ampliação do Programa Luz para Todos no estado. De 2004 a 2009, a empresa aplicou R$ 2 bilhões no Maranhão.

Jornal O Estado do Maranhão
"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos