Secretário de Direitos Humanos analisa primeira semana de atividades do Centro de Referência em Direitos Humanos de Açailândia

Secretário de Direitos Humanos analisa primeira semana de atividades do Centro de Referência em Direitos Humanos de Açailândia: " FONTE: PORTAL DA CIDADANIA


Secretário Sérgio Tamer


Desde que foi inaugurado na última segunda-feira, 12, o Centro de Referência em Direitos Humanos (CRDH) de Açailândia já se tornou um grande aliado no fortalecimento das redes de combate á violação dos Direitos Humanos. O Secretário de Direitos Humanos e Cidadania, Sérgio Tamer, destacou que na primeira semana de funcionamento, o Centro tem demonstrado que será muito importante para o município.


O CRDH de Açailândia trabalha no combate à todos os tipos de violação dos direitos fundamentais do ser humano, com ênfase maior ao trabalho escravo, problema social da região. “O Centro de Referência em Direitos Humanos de Açailândia foi uma determinação da Governadora Roseana Sarney, para ajudar a varrer do mapa do Maranhão, principalmente, o trabalho escravo e a exploração sexual de crianças e adolescentes”, explicou Tamer.


Para efetuar o trabalho, o Centro conta com uma equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, advogados e assistentes sociais, que trabalham em conjunto para prestar serviços de monitoramento e recepção de denúncias sobre casos de violação dos direitos humanos, com o objetivo de oferecer às vítimas todo o suporte no campo jurídico, psicológico e social.


Segundo o coordenador técnico do CRDH de Açailândia, Elton Lara, a partir do momento que a população tiver mais informação sobre os Direitos Humanos, a tendência é o aumento gradativo do número dos atendimentos. “Está previsto a elaboração de um seminário para 120 lideranças e sociedade civil local com o objetivo de apresentar os serviços do Centro”, informou o coordenador.


De acordo com o Secretário, os serviços que estão sendo oferecidos no Centro são muito abrangentes, o que o torna uma referência também para os municípios circunvizinhos. “Vamos colocar todos os serviços da SEDIHC em um só local e vamos contar também com a parceria da Defensoria Pública do Estado”, explicou Tamer.


O Secretário enfatizou que essa é uma reivindicação antiga dos movimentos locais e que só agora ela foi atendida. “Essa iniciativa vem sendo discutida há mais de dez meses e conta com o apoio de órgãos importantes, como a OAB de Açailândia e o Centro de Defesa à Vida”, completou, afirmando que isso só foi possível com muito planejamento.


O município de Açailândia foi o segundo do Estado do Maranhão a receber um Centro de Referência em Direitos Humanos. Já existe uma unidade em funcionamento na cidade de Bacabal e está prevista a inauguração de outra em Imperatriz.


“Garantir, proteger e promover os Direitos Humanos será a tônica das ações do Centro de Referência em Direitos Humanos e a balização das atividades que serão desenvolvidas a partir de agora”, assegurou Sérgio Tamer. A equipe do Centro trabalha diretamente com os movimentos sociais da região, formando, assim, uma grande rede de proteção, defesa e garantia dos direitos sociais.



Centro de Referência em Direitos Humanos de Açailândia


Os primeiros resultados demonstrados pelo Centro de Referência em Direitos Humanos de Açailândia já são significativos, dado o pouco tempo de funcionamento. Os atendimentos já estão sendo feitos e os órgãos parceiros, como a OAB e o Centro de Defesa à Vida, estão atuando em conjunto no combate a violação dos direitos humanos.


"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos