Prefeito de Tutóia não comparece em CPI

Prefeito de Tutóia não comparece em CPI: "

Denunciado pelo Ministério Público por crime de abuso sexual contra duas adolescentes – uma de 13 e a outra de 14 anos – o prefeito de Tutóia, Raimundo Nonato Abraão Baquil, o Diringa (PSDB), não compareceu para prestar depoimento nesta quinta-feira (22) na CPI da Pedofilia da Assembleia Legislativa.


Diringa deixou deputados e promotores esperando

Diringa deixou deputados e promotores esperando


O advogado do político ingressou com uma petição na comissão solicitando a remarcação do depoimento. Ele solicitou aos membros da CPI cópia da denúncia contra seu cliente, além da ata da reunião que deliberou pela convocação do prefeito para prestar depoimento. “Iremos atender todas as solicitações feitas e marcar para a próxima semana uma nova audiência para que o prefeito venha a esta Comissão prestar esclarecimentos. Nosso objetivo, volto a repetir, não é causar constrangimento a ninguém, mas apurar os fatos”, afirmou a presidente da CPI, deputada Eliziane Gama (PPS).


A denúncia Diringa foi feita na semana passada durante audiência pública realizada na cidade de Tutóia. De acordo com a denúncia, o prefeito, após oferecer presentes, teria abusado sexualmente de duas adolescentes que residem no município.


Condução Coercitiva


A CPI da Pedofilia aprovou, em reunião deliberativa, a condução coercitiva (com uso de força policial) de Raimundo Herbeth Bezerra Barbosa e dos homens identificados pelos nomes de Carlos e Raí. Os três não compareceram para prestar depoimentos na audiência desta quinta-feira. Raimundo Herbeth é dono de uma boate em São Luís e, segundo denúncias encaminhadas à comissão, possui envolvimento com a prática de crime de abuso sexual contra adolescentes. Ele já foi convocado em duas oportunidades para prestar depoimento e não compareceu a nenhuma delas.


Já Carlos e Raí possuem negócios em Tutóia. O primeiro, de acordo com informações prestadas pela Comissão, é proprietário do restaurante Paçocão. O segundo é proprietário do Hotel de Praia.


Bacabal


A CPI estará nesta sexta-feira (23) em Bacabal para realizar uma audiência pública sobre o combate à pedofilia. O evento acontece a partir das 9h na Câmara Municipal.


(Agência Assembleia)

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos