Educação: namoro e noivado em Buriticupu

Educação: namoro e noivado em Buriticupu: "

Fernando Haddad e PTMAO ministro da Educação, Fernando Haddad, esteve ontem em Buriticupu para participar da inauguração de uma escola construída pelo município e que custou R$ 2 milhões. Participaram da solenidade os deputados federais Gastão Vieira (PMDB), José Vieira e Davizinho (PP), além de vários prefeitos. O ministro viria a São Luís, mas como o filho estava doente ele seguiu direto para São Paulo.


Durante o evento o prefeito-balaio Antonio Marcos de Oliveira, o Primo (PDT), resolveu fazer graça. Disse a Haddad que Buriticupi ainda estava precisando de três escolas daquele nível.


- Vou lhe fazer uma proposta ministro. Eu faço uma, o Governo Federal faz outra e o Governo do Estado outra – disse o prefeito;


- Primeiro o senhor vai até Brasília para a gente começar o namoro – respondeu Haddad;


- E o senhor secretário? – continuou Primo olhando para o futuro secretário estadual de Educação, professor Anselmo Raposo;


- É preciso noivar primeiro - respondeu ele.


Na foto de Antonio Pinheiro, o ministro aparece ao lado do novo secretário de Desenvolvimento Social, Edmilson Santos, e de Anselmo Raposo. Aliás, Haddad, que é do PT, gostou muito de saber que o PT está ocupando pastas importantes do governo Roseana Sarney (PMDB).

"

Comentários

  1. É, se o Fernando Haddad que é do PT (alto escalão do governo Lula) comemora... Bem, eu já acredito na intervenção do Diretório Nacional.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Comentando os Fatos, uma nova forma de divulgar conteúdo com credibilidade.
Os nossos esforços se concentram no sentido de acrescentar ao nosso publico informações diferenciadas, aquele algo mais que ainda não foi dito, ou ainda não foi mostrado, noticias todos divulgam, o diferencial da informação está aqui em Comentando os fatos, credibilidade sempre em primeiro lugar.

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos