Confira as principais notícias do dia 15 de abril

Confira as principais notícias do dia 15 de abril: "

Política

1. Filho de Sarney é acusado de fraude em obra bilionária do PAC


O empresário Fernando Sarney, filho do presidente do senado Federal Fernando Sarney é acusado fechar acordo clandestino pelo qual um grupo de empreiteiras burlou o processo de licitação e é acusado de desviar dinheiro público da principal obra ferroviária do país. A fraude, detectada pelo Tribunal de Contas da União e pela Polícia Federal, teria acontecido em um trecho da ferrovia Norte-Sul, obra do Programa de Aceleração do Crescimento orçada em mais de R$ 1 bilhão. Segundo reportagem da Folha, o acusado alegou tratar-se de “vazamento criminoso de inquérito sigiloso”. “Mais uma vez, assuntos requentados. Eu me pergunto a razão disso tudo”.


2. Congresso fecha aumento de 7,7% para aposentados

Desafiando o Palácio do Planalto líderes da base aliada e da oposição no Congresso fecharam ontem acordo que prevê aumento de 7,7% para os aposentados que ganham acima de um salário mínimo. De acordo com reportagem da Folha, o aumento é mais que os 7% aceitos pelo governo, criando um impasse. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem que esperará a votação para depois tomar uma decisão. “Não posso dizer que vou manter ou não porque preciso saber as condições políticas em que foi votado e as da Previdência para suportar isso”.


Sociedade

3. Escola em São Paulo funciona sobre lixão


Reportagem da Folha mostra que escola municipal na Vila Nova Cachoeirinha – zona norte de São Paulo – que atende a 289 alunos funciona sobre um antigo aterro de lixo. Por causa das grandes concentrações de gás metano, que oferece riscos de explosão e contaminação, em 2007 o Estado e a prefeitura decidiram pela retirada da escola, mas ainda sem previsão para que isso aconteça. Segundo a reportagem, além da escola mais de 30 zonas de moradias na cidade estão crescendo sobre antigos aterros ou lixões.


4. Liminar suspende leilão de Belo Monte

Duas ações civis públicas impetradas por seis procuradores da República no Pará garantiram ontem a suspensão do leilão da hidrelétrica de Belo Monte. De acordo com reportagem do Estadão, a liminar foi concedida pelo juiz da Vara Federal de Altamira, Antonio Carlos Almeida Campelo. Marcado para terça-feira, 20 de abril, segundo a decisão da justiça o leilão foi suspenso por haver “perigo de dano irreparável” na licitação. A liminar também prevê multa de R$ 1 milhão contra o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), caso não cumpram a decisão. A Advocacia-Geral da União (AGU) já informou que vai recorrer da decisão.


5. Chuvas deixam cidades da Bahia em estado de emergência

Sete cidades baianas decretaram situação de emergência ontem por causada a forte chuva que atinge a região. Segundo a Defesa Civil, foram registradas seis mortes, duas ocorridas ontem por causa de um deslizamento ocorrido em Salvador. De acordo com reportagem da Folha, outras 13 cidades ainda aguardam homologação do mesmo decreto pelo governo estadual.


Mundo

6. Mortos em terremoto na China passam de 500


Tremor de 6,9 que atingiu ontem a Província de Qinghai, no noroeste da China, deixou pelo menos 589 mortos e cerca de 10 mil feridos. Segundo reportagem da Folha, cerca de 5 mil homens, incluindo soldados e médicos, foram enviados à região para atuar nos trabalhos de resgate. Além do envio de pessoal, Pequim anunciou fundo de US$ 29,3 milhões para financiar a ajuda às vítimas.


7. Brasil condena posição americana sobre Irã

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou ontem considerar grave o fato de nem os Estados Unidos nem o Conselho de Segurança da ONU terem conversão com o Teerã sobre o programa nuclear iraniano. De acordo com reportagem do Estadão, a declaração foi dada após Lula conversar com o presidente americano Barack Obama e pedir mais tempo ao Irã antes de se recorrer a sanções contra o país, fato que não aconteceu. “O que eu acho que é grave é que até agora o presidente Obama não conversou com o Irã. Nenhum presidente do Conselho de Segurança da ONU conversou com o Irã”, disse após participar de um evento em São Paulo.


8. Polônia diz que pilotos sabiam que colisão de avião presidencial era iminente

Informações apuradas a partir das gravações da caixa-preta mostram que os pilotos do avião presidencial polonês sabiam que colisão era iminente. A queda do avião que aconteceu na Rússia no sábado passado matou 96 pessoas incluindo o presidente polonês, Lech Kaczynski, a primeira-dama, Maria, e vários membros do alto escalão do governo. “Os especialistas estão agora tentando entender as conversas mantidas na última meia hora, mas posso dizer que os segundos de gravação antes do acidente foram dramáticos”, disse o procurador-geral da Polônia, Andrzej Semeret. De acordo com reportagem da Folha a causa do acidente ainda não foi revelada.


Economia

9. Crescimento da economia aponta PIB recorde


Com crescimento acelerado desde o final de 2009 a economia brasileira manteve o ritmo no primeiro trimestre do ano. De acordo com reportagem do jornal Valor Econômico o crescimento expressivo da produção industrial e do varejo em fevereiro indica que o Produto Interno Bruto (PIB) no período avançou 2%, equivalente a uma taxa anualizada de 8,4%. A principal conseqüência, segundo analistas ouvidos pela reportagem, é a revisão das previsões sobre o comportamento do PIB no ano. Constantemente elevadas, elas já chegam a ultrapassar os 7%.


10. PIB chinês cresce 11,9% no primeiro trimestre

Um bom indicativo da recuperação da economia chinesa diante da crise é o resultado do PIB no primeiro trimestre do ano. De acordo com reportagem do Estadão, o índice alcançou 11,9% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado, acima dos 11,5% previstos pelo mercado, conseqüência principalmente dos programas massivos de estímulo à economia.


Por Ana Galli

"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

Expressões da violência no Maranhão serão debatidas em São Luis no Dia Internacional dos Direitos Humanos