"Governador Wellington Dias anuncia sua saída do governo para disputar o Senado"

"Governador
Wellington Dias anuncia sua saída do governo para disputar o Senado"
FONTE:PORTAL AZ                                                                                                                                         O governador Wellington Dias concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta quarta-feira (30) e anunciou o que já era aguardado, que deixa o cargo após quase 8 anos de Karnak. Wellington Dias irá concorrer a uma vaga no Senado Federal, atendendo pedido do presidente Lula. A carta de renúncia será entregue amanhã à Assembléia Legislativa do Piauí (Alepi).

'Quero dizer que ontem foi um dia muito importante na minha vida e na vida da Dona Rejane. A gente comemorou ontem 20 anos de casamento. Foi um dia muito puxado, tive uma agenda em Teresina depois fui a São João do Piauí, e de volta, para a inauguração da Ponte Estaiada. O ministro Alexandre Padilha me pediu um jantar com os presidentes dos partidos da base. No jantar ele fez várias ponderações. Há poucos dias atrás eu anunciei que continuaria no mandato, mas pensando no Piauí, viajando pelo interior, e com o desejo de continuar lutando pela unidade da base, a conclusão que eu cheguei é que não teríamos a unidade pelo simples gesto de ficar no mandato. Os partidos deixaram claro que iriam manter as suas candidaturas. Também estive com o presidente Lula e ele ponderou diversas vezes sobre a importância de eu me candidatar ao Senado. Eu disse para o presidente que não seria fácil voltar atrás porque eu havia anunciado a decisão perante meu povo. E ontem o Ministro Padilha fez ponderações e apresentou uma pesquisa onde mostrava que 64% da população quer que eu seja candidato a senador. As pessoas disseram através das pesquisas que quem perderia com a minha manutenção no Karnak seria o Piauí. Também eu senti uma coisa nova... uma unidade em torno do meu nome para o Senado. Então varei noite a dentro, foi uma das noites mais longas da minha vida, passei a madrugada refletindo sobre isso, pois o que está em jogo não é somente a minha vida pessoal, mas a vida de 3 milhões de piauienses. Fizemos orações e ali eu passei a refletir muito. Já agora pela manhã, senti que era preciso tomar uma decisão que não foi fácil, um grande desafio. O presidente Lula me disse que a decisão de ir ao Senado seria boa para o Brasil. Agora eu tenho a convicção de que é possível construir a unidade em torno do meu nome. Não é uma decisão simples, mas eu tomei a decisão de me afastar, repensando também no meu povo. É uma chance que eu vejo de, a partir da minha candidatura, construir uma unidade também em torno da candidatura da ministra Dilma Rousseff. Vou encaminhar amanhã à Assembleia Legislativa do Piauí o meu pedido de renúncia. Por volta do meio dia estarei transmitindo o cargo para o vice-governador Wilson Martins. Quero agradecer a todos e, em especial, à minha esposa. E quero me colocar à serviço do meu povo e do meu Estado. Coloco meu nome à disposição do meu partido e dos piauienses. Quero trabalhar conversando com todos os partidos até junho para que a gente tenha uma candidatura única. E o vice-governador deixou claro para mim que, mesmo no cargo, rabalhará para também manter a unidade. Conversei também com o Elmano Ferrer, que assumirá a Prefeitura de Teresina. Ele me disse também que buscará a unidade. Assim, a gente ganha tempo até junho para trabalhar uma candidatura única e unida”, disse Wellington.

A primeira-dama, Dona Rejane, disse que ainda está refletindo sobre a decisão do petista. “Eu ainda estou pensando e não tenho nenhuma opinião formada sofre a decisão tomada por ele. Ainda quero refletir mais e conversar com o Partido dos Trabalhadores. Mas peço a Deus que o ilumine em sua decisão e em seu novo caminho”, relatou.

O vice-governador Wilson Martins disse que tentará manter o trabalho iniciado por Wellington Dias, mas com o seu estilo próprio. 'Agora a nossa responsabilidade é muito maior na questão pública, lutando pela melhoria dos índices sociais. Eu também estou animado para construir esta unidade na base. Mas mantenho a minha pré-candidatura ao governo', finalizou."

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pepe Moreno: e o cego com três filhos aleijados

Faça uma doação para o Brechó Solidário do Centro de Defesa Pe. Marcos Passerini

“Nunca fui e jamais serei condenado pela justiça”, afirma Hildo Rocha em resposta a boatos